Jun 16, 2010

A SEGUNDA VINDA DE CRISTO Billy Graham

SE VOCÊ QUER ESTE LIVRO COMPLETO ENVIE UM EMAIL PARA  evrodrigo@hotmail.com ,e mandarei pra você.

A SEGUNDA VINDA DE CRISTO
A esperança de que um dia terminarão os nossos sofrimentos
Billy Graham
Título original norte-americano:
TILL ARMAGEDON: A PERSPECTIVE ON SUFFERING
Tradução de ISABEL PAQUET DE ARARIPE
EDITORA RECORD
Por que existe o sofrimento? Por que há tanto mal no mundo?
Que posso fazer para diminuir a minha dor?
Que futuro espera este mundo? Como irá me afetar pessoalmente?
Que posso fazer enquanto esse futuro não chega?
Neste livro útil e de grande oportunidade, o evangelista mais conhecido do mundo proporciona orientação e conforto para responder às dúvidas que nos afligem a todos mais cedo ou mais tarde – dúvidas sobre o sofrimento, o mal ou os planos de Deus para o futuro do homem.
Baseado nos profundos estudos das Escrituras realizados pelo Dr. Graham, A SEGUNDA VINDA DE CRISTO não é apenas mais uma especulação controvertida sobre o "fim do mundo". Ao contrário, é um guia prático e apaixonado sobre a maneira como poderemos viver agora – nos meses, anos ou séculos que nos separam da próxima vinda de Cristo ao mundo. "Um dia toda a dor e sofrimento serão gloriosamente varridos deste mundo", escreve o Dr. Graham. Mas até que chegue esse dia, diz a Bíblia, o sofrimento será uma parte da vida a que ninguém conseguirá escapar – mesmo os cristãos.
O Dr. Graham evita os conselhos piegas para simplesmente levantar o moral. Ele prefere as palavras bíblicas de profundo consolo e esperança, capazes de guiar-nos durante os anos incertos que nos esperam.
SUMÁRIO
Prefácio ................................................................................... 3
1. A Tempestade Vindoura ..................................................... 9
2. Armagedons Pessoais ........................................................ 20
3. Quem É o Responsável por um Mundo que Sofre? .......... 36
4. O Nascimento de um Mundo Sofredor ............................. 53
5. O Salvador que Sofre ........................................................ 67
6. Por que os Cristãos Não Estão Isentos? ............................ 83
7. O Sofrimento Previsto ....................................................... 96
8. O Sofrimento Sutil .......................................................... 110
9. Vivendo Acima de Suas Circunstâncias ......................... 124
10. O que Faço com a Minha Dor? ....................................... 137
11. O Lugar da Oração no Sofrimento .................................. 153
12. Promessas Para Aqueles que Sofrem .............................. 164
13. Como se Preparar Para o Sofrimento .............................. 180
14. Como Ajudar Aqueles que Estão Magoados .................. 192
15. A Morte e Como Enfrentá-la .......................................... 205
16. Depois do Armagedom: A Glória Mais Adiante ............ 219
PREFÁCIO
Deus podia ter deixado Daniel do lado de fora do covil do leão (...) Mas Deus nunca prometeu-nos deixar de fora de situações difíceis (...) O que Ele prometeu foi acompanhar-nos em cada situação difícil e fazer com que saíssemos vitoriosos. MERV ROSELL
UM DOS livros mais antigos do mundo afirma que "o homem nasce para as dificuldades, assim como as faíscas das brasas voam para cima" (Jó 5:7).
Jamais estas palavras foram tão verdadeiras quanto hoje.
O mundo todo está suspirando e sofrendo numa escala talvez desconhecida na história humana: os refugiados, os famintos, os "novos escravos", os problemas psicológicos, os turbilhões emocionais, os casamentos desfeitos, as crianças rebeldes, o terrorismo, os reféns, as guerras e mais mil outras dificuldades que afligem todos os países do mundo. Não existe ninguém, em canto algum, que seja imune. Os ricos e famosos sofrem como os pobres e obscuros. Como disse o falecido ator Peter Sellers, "por trás da máscara de todos nós, palhaços, estão a tristeza e corações partidos".
Parece que a raça humana está se dirigindo para o clímax das lágrimas, mágoas e feridas acumuladas no decorrer dos séculos - o Armagedom!
O sofrimento é o destino comum das pessoas em toda aparte – tanto dos crentes quanto dos descrentes. Porém, os cristãos são vítimas de um sofrimento maior ainda do que o de outras pessoas. Na condição de seguidores de Jesus Cristo, muitas vezes se perguntam, como o salmista: "Será que Deus esqueceu de ser misericordioso? Será que, na sua ira, negou a sua compaixão?" (Salmos 77:9)
É um grito antigo – ecoado hoje por milhões de pessoas no mundo inteiro. Por que existe o mal? Onde tudo começou? Por que Deus permite que o terrível pesadelo do sofrimento e do mal continue na história da humanidade? Por que as preces para a derrubada da maldade e a vitória da justiça e do direito parecem não ter resposta? E por que os cristãos não estão isentos de sofrimento – inclusive da perseguição?
Não são perguntas fáceis de responder e, na verdade, só conheceremos a resposta quando nos encontrarmos face a face com nosso Senhor, no céu. Apesar disso, a Bíblia nos dá algumas respostas para a questão do sofrimento. Neste livro, tentei ver quais as pistas que ela nos oferece para esta pergunta universal.
Mas este estudo da questão do sofrimento não é um exercício acadêmico ou intelectual, tentando responder perguntas filosóficas abstratas que não têm nada a ver com o dia-a-dia. Nós, como veremos nas páginas seguintes, mesmo que nem sempre possamos entender por que Deus permite que cenas coisas aconteçam conosco, sabemos que Ele extrai o bem do mal, e o triunfo do sofrimento.
Assim, ao escrever este livro, tentei ser prático. Vi o que a Bíblia nos ensina sobre o sofrimento, como devemos encará-lo e de que forma podemos nos preparar para ele. E se você fosse avisado de que só teria seis meses de vida por causa de um câncer? Ou se um ente querido fosse acometido de um ataque cardíaco fulminante ou se ferisse mortalmente num acidente de carro? E se você fosse tomado como refém ou feito prisioneiro por causa da sua fé em Cristo? E quanto às mil e uma crises pessoais, grandes e pequenas, que nos afligem ou nos afligirão? Como você deve se preparar para a tragédia, a dor, o sofrimento, seja qual for a natureza ou fonte deles? Como você pode se preparar agora para os armagedons pessoais do futuro, as batalhas que todos enfrentamos e que ameaçam nos esmagar? E como você pode se preparar para o grande e futuro Armagedom, que marcará o clímax do sofrimento do mundo e a derrocada final do mal?
Em A segunda vinda de Cristo, tento lidar com estas perguntas e outras similares, pois creio que elas são de importância fundamental para cada um de nós.