RADIO TAJENOJE

Dec 9, 2010

Crescendo com as tempestades da vida Mc 4.1,35-41

Crescendo com as tempestades da vida Mc 4.1,35-41

por Alexandre Pitante


Introdução


É normal termos ações um pouco desesperadas em meio as nossas lutas que a bíblia tipifica como tempestade. Mas são através delas que temos nossas maiores experiências com Deus e essas tempestades é um dos fatores que nos fazem crescer na Fé.
O que me chama a atenção no texto de Marcos 4 em apreço é que no versículo de número 1 do mesmo capitulo Jesus esta na beira-mar, ou seja, na praia, com os seus discípulos ensinando-os através de suas parábolas como de costume, Cristo fala da parábola do Semeador (Mc 4.3-9), explica a parábola aos discípulos (Mc 4.10-20), fala também da parábola da Candeia (Mc 4.21-25), a parábola da semente (Mc 4.26-29), a parábola do grão de mostarda (Mc 4.30-32), e por fim do capitulo Jesus chama os discípulos a passarem para o outro lado da margem.
Como disse no inicio, o que nos chama a atenção é que Jesus e seus discípulos estavam na praia, vou chamar
este lugar de “área de conforto ou zona de conforto”. Logo, quando lembramos de praia vêem a nossa mente descanso, lugar de descansar, quando chega o final de ano e muitos tiram suas férias, logo pensam em ir à praia para desestressar. Agora porque Jesus tiros os discípulos de um lugar de “conforto” para entrarem em uma área de turbulência. Você deve pensar assim às vezes que você esta vivendo um momento de conforto de sua vida e de repente soprou um Vento contra seu barco e lhe jogou contra as ondas impetuosas e uma grande turbulência tenta afundar seu barco. E logo se pergunta. Mas que Deus déspota é esse que me tira de uma área de conforto, (praia), e me coloca em meio a uma grande tempestade.
Primeiro temos que entender o que acontece quando estamos na beira-mar, “área de conforto”, segundo veremos então o porquê Jesus nos leva pra dentro de uma grande tempestade.


1- O que acontece conosco quando estamos na praia, lembre-se “área de conforto”.


a) Posição de conforto. Mc 4.1
A bíblia diz que o povo estava todos assentados na beira-mar ouvindo as palavras de Jesus. Estar “assentado” fala-nos de uma posição confortável, ninguém agüenta ficar em pé durante muito tempo, mas estar assentado é uma posição mais agradável. Às vezes estamos com um bom emprego, bom carro, vida financeira estável, vivendo de fato uma posição de conforto, mas, de repente algo nos tira desta posição.


b) Temos muitos amigos Mc 4.1
Quando estamos vivendo em uma área de conforto todos querem estar ao nosso lado, serem nossos amigos, apertar nossa mão, mas quanto as coisa não vão tão bem os amigos se vão e só resta a família e o Amigo dos amigos, o Conselheiro dos conselheiros, Jesus o nosso melhor amigo.


c) Ouvimos palavras confortáveis
Todos aqueles que estavam ali na praia estavam ouvindo palavras confortáveis de Jesus. Na nossa vida não é diferente, quando tudo vai bem ouvimos palavras suaves aos nossos ouvidos, mas quando ao contrario, chegam os amigos de JÓ e nos dizem que estamos em pecado, neste momento as palavras doces se tornam amargas aos nossos ouvidos. É claro que eu estou dizendo aqui sobre amigos, porque Jesus sempre vai ter uma palavra confortável a nossos ouvidos.
Mas a grande pergunta é: Porque Deus tirou os discípulos da praia para os levarem para dentro de uma grande tempestade? Este lugar vou chamar de “área de turbulência ou área de dependência”, não que dependamos de Jesus só quando estamos nestes momentos, mas, existem momentos que oramos, jejuamos e lemos a bíblia mais, e é nos momentos de prova que isso acontece, por isso chamo área de dependência.


2) Porque Jesus nos leva para meio de uma Grande Tempestade?


a) Para mostrar a nós que nossas forças ou habilidades não são suficientes.
Alguns dos discípulos que pertenciam ao colegiado apostólico eram pescadores por profissão, Jesus queria mostra a todos os discípulos mas principalmente aos pescadores que suas habilidades não eram suficientes para tirarem eles daquela situação.
Muitas vezes pensamos nós que nossas habilidades, ou posses, formação, nossa capacidade intelectual nos fazem pessoas melhores, não que seja contra pois a bíblia diz que cresçamos na graça e no conhecimento (2Pe 3.18), mas tudo isso é vão sem a presença do Espírito Santo de Deus na nossa vida.


b) Para termos maiores experiências
Jesus levou os discípulos para dentro do mar da Galiléia para dar a eles maiores experiências com o Senhor Jesus.
Cristo faz isso com a gente, pois é nestes momentos de turbulência que vivenciamos as maiores experiências com Deus.


c) Para vermos o milagre de perto
Você já se encontrou em momentos difíceis e quanto mais você orava ao Senhor para solucionar, mais problema vinha. Aquela velha história “quanto mais eu oro mais problema vem” , fique tranqüilo Deus esta te levando para dentro do Milagre. Jesus tirou os discípulos da praia e os levou para dentro do mar, porque queria os levar para dentro do milagre, para que eles pudessem ver de perto o poder de Deus se manifestar naquele lugar.


Conclusão
Querido irmão e amigo em Cristo, se você passa por situação parecida na tua vida, não si desespere, creia somente que essas turbulências servirão de crescimento para tua vida espiritual.
Lembre-se “O campo para um milagre é a dificuldade, mas o campo para um Grande milagre é a impossibilidade”.
Que Deus te abençoe poderosamente.
Abraço em Cristo, Alexandre Pita