RADIO TAJENOJE

Mar 14, 2011

PAI BOM DE BRAÇO

 

 

Jó 38. 1- 16. Ler do 1 ao 3.

- Jó estava extremamente desesperado. Ele não sabia mais o que fazer. Parecia que o mundo estava sobre si e que não havia mais esperanças em sua vida.

- Ele havia perdido tudo o que possuía: suas jumentas, as ovelhas, os pastores, os camelos, os empregados, e finalmente seus 10 filhos.

- Estava pobre, tão impotente como veio ao mundo.

- Sua esposa estava contra ele, achando ser ele o motivo de toda aquela desgraça.

- Seus melhores amigos também pensavam o mesmo.

- Estava muito doente, cheio de chagas, feridas horríveis por todo o corpo.

O que poderia ele mais esperar da vida? Tinha muita fé em seu Deus e não queria abandoná-lo. Mas neste momento extremo, gritou a Deus em busca de respostas.

Deus o ouviu. E o respondeu. Qual foi a resposta divina? “Jó, toda vez em que se achar injustiçado, incompreendido, triste, lá embaixo, pare um pouco, e medite em minhas obras. Estude a natureza, e encontrarás suas respostas”.

* O mesmo Deus nos diz hoje: Você está na mesma situação de Jó, sentindo-se indefeso diante da vida? Olhe para a natureza, e terá uma surpresa: o seu Deus é imensamente poderoso.

Criação da Terra.

- Realmente a criação de nosso mundo deve ter sido fantástica. Primeiro precisamos entender onde ele está para depois estudá-lo particularmente.

- A Terra está dentro do que chamamos de Universo. O que é isto? O universo é tudo o que você pode imaginar, e mais ainda. Ele inclui todos os seres vivos, todas as luas, planetas, estrelas, meteoros, e até o espaço vazio que há no meio de tudo isto.

v Segundo alguns cálculos, o Universo todo deve ser formado por umas 100 bilhões de galáxias, que carregam dentro de si bilhões de sistemas solares e dentro destes milhares de planetas e luas.

v A Terra foi colocada por Deus em uma destas galáxias, chamada Via-Láctea, que faz parte de um aglomerado de 30 enormes galáxias. (Ela se chama assim porque à noite, no céu, ela parece uma mancha de leite).

v Nós vivemos em um braço dela, ou seja, do Hemisfério Sul da Terra podemos olhar para o centro da galáxia.

v Todas as estrelas que podemos ver à noite no céu pertencem à Via-Láctea. Mas elas estão muito distantes. Tão distantes que jamais poderemos visitá-las. Ex- a mais próxima, é a Alfa centauro, a 4,3 anos luz daqui. Isto é, se viajarmos a 300 mil km/s levaremos 4 anos e 3 meses para chegar lá. Isto é tanto tempo que na verdade vemos o que a estrela foi a 4 anos e 3 meses atrás, tempo que a luz levou para chegar até aqui!

v A Via-Láctea é tão grande que seriam necessários 100 mil anos  para que um raio de luz, a 300 mil km/s viajar de um lado a outro da galáxia! O Nosso SOL leva 220 milhões de anos para fazer uma viagem apenas ao redor do centro da galáxia!

- Deus criou o Sol para iluminar nosso planeta, como os demais que há em nosso sistema, solar, porém o nosso Sol é apenas 1 entre outras 500 bilhões de estrelas que há só na Via-Láctea, a nossa galáxia.

v Diante de todos estes dados, chegamos à conclusão que a Terra não passa de um pequeno grão de areia no meio do Universo, e realmente o é.

v Apenas uma leve comparação: o nosso Sol é 1 milhão e 300 mil vezes maior que a Terra. Ele é simplesmente 99 % do que existe em todo o nosso Sistema Solar. Mas ele é infinitamente pequeno se comparado com o todo do Universo, pois há estrelas que chegam a se 1 milhão de vezes maior do que ele! Imaginemos o nosso tamanho?!

- Tanto é assim que, vizinhos a nós estão os outros 8 planetas de nosso sistema. A Terra é um dos menores, mas o único habitado.

- Mesmo tão pequena, a Terra precisou de muita energia para ser formada. O Dr. Haroldo Coffins calculou a energia necessária para formar nosso minúsculo planeta, e chegou à seguinte conclusão: o equivalente à energia liberada pelo Sol em 44 milhões de anos!

Quem fez tudo isto? Quem usou tanto poder?

O tamanho da Terra. Suas dimensões e medidas.

- A Terra tem 12.757 km de raio, e 40 mil km de circunferência.

- Pesa 6 septilhões de toneladas. (6 com 24 zeros).

- Seu dia é de 23 h e 56 m, quando em Vênus é de 243 dias terrenos, Urano 18 horas.

- Seu ano é de 365 dias, Júpiter 12 anos terrenos, Netuno 165 anos.

v Sua atmosfera, onde vivemos. É formada por 5 camadas, que chegam a 1000 km do nível do mar até o espaço sideral. Interessante é que se você dirigisse um carro em direção ao espaço numa velocidade de 50 km/h você cruzaria essa extensão em menos de 1 dia!

A base da Terra- a superfície.

A superfície, embaixo de onde vivemos, é formada por 3 camadas:

v Crosta- de 10 a 70 km de espessura. Onde pisamos.

v Manto- 2.900 km. Camada rochosa, de consistência pastosa.

v Núcleo- 3.400 km. Consistência líquida - de 3.500 graus.

v No passado, durante a Idade Média, as pessoas pensavam que a Terra era quadrada, que no seu centro havia um grande lago de fogo, o inferno, e que todo o planeta era sustentado por 2 elefantes brancos que a carregavam pelo espaço.

Como é que a Terra e os demais planetas ficam vagando pelo ar sem cair no espaço sem fim? Por 2 motivos:

A)   Estão viajando a velocidades incríveis. (É o mesmo princípio usado no vôo dos aviões. Quando eles decolam, usam velocidade máxima, para evitarem quedas).

B)   A força da gravidade que todos possuem atraem e repelem uns aos outros, como enormes imãs, segurando a todos nos espaço sem fim.

Quem sustenta todas estas enormes formas no espaço?

A força do mar, das ondas, seguros pela indefesa praia.

v Mais de 70% da superfície da Terra é coberta por oceanos.

v A luz do Sol chega a apenas 100m de profundidade e em águas muito lamacentas, pode chegar a menos de 1 m. Por isto existe vida nos mares e oceanos da superfície até no máximo 4,5 km.

v As fossas oceânicas são os lugares mais profundos da superfície da Terra. Vão de 6 a 10 mil metros de profundidade. A maior fossa do mundo é a das Marianas, com 11. 034 m. Para se ter uma idéia, o ponto mais alto do planeta, O monte Everest, caberia inteiro dentro dela e ainda sobrariam uns 3 km para ser preenchido.

v Por mais imensos e pesados que sejam os oceanos nunca estão parados. Os ventos locais empurram a superfície do mar em ondas que se quebram na costa, por todo o mundo.

v As marés sobem e descem na praia 2 vezes por dia, seguindo a atração exercida pelo sol e pela lua.

v Incrível, porém, é que, apesar de tão bravias e poderosas, as ondas nunca passam o limite natural sobre elas colocado. Mais incrível ainda é que não há nada visível que faça esta demarcação. Simplesmente, temos que aceitar o fato de que há alguém que as delimitou, e por mais fortes que sejam, não desobedecem estas ordens.

v Um grupo de cientistas analisou este fenômeno e chegou a curiosa conclusão. Em uma bela praia, num dia de sol, as ondas em seu estado normal, com cerca de 1 m de altura batendo numa praia de 2 km, libera cerca de 35 mil HP (cavalos-força). Não tenhamos dúvida que isto representa uma enorme agressão ao continente. Mas ao estudar o processo, descobriram que o mar não acaba com o continente por causa da simples estratégia dos minúsculos grãos de areia. Eles jamais poderia medir forças com as ondas. Mas quando a onda chega, joga água sobre a areia; em fração de segundos, a água faz grudar cada grão de areia tornando-os uma enorme muralha, de tal forma que a força do mar é barrada ali.

v Deus estava querendo dizer para Jó: “Satanás e todo o inferno tem um grande poder. Mas ele não pode fazer absolutamente nada que eu não o permita. Eu coloquei um limite aos enganos dele. Por isto, você não precisa temer por sua vida”.

v O mais incrível de tudo é que os cientistas descobriram que no oceano existe bastante ouro capaz de fazer de cada habitante da terra um milionário. Em cada 2 km e meio cúbicos de água do oceano há ouro avaliado em mais de 110 milhões de dólares. Por que não o buscamos? Extrair todo este ouro do oceano seria tão dispendioso que não compensaria, pois ele está em partículas tão pequenas que quase não se pode detectar com os instrumentos que temos atualmente. Mas ele está lá!

A luz do sol, o dia e a noite.

v O dia e a noite ocorrem devido aos movimentos da Terra ao redor de si mesma, e ao redor do Sol também.

v A Terra gira a 1.600 km/h, conseguindo dar 1 volta em torno de si mesma em 23 h e 56 m.

v Absolutamente nada o homem pode fazer para atrasar, adiantar ou mesmo acontecer os dias. Eles sempre existiram desta forma e sempre existirão assim, sem nunca terem dependido de nós. Mas é incrível que em tantos mil anos, a Terra nunca deixou de ter o seu dia e noite. Nunca falhou!

A luz é talvez o elemento que melhor represente o poder de Deus.

v Deus a colocou no Sol, que a reparte com todo o sistema.

v É tão rápida que, se uma bala de canhão fosse desferida do Sol para terra, levaria 17 anos para chegar aqui. A luz leva 8 minutos.

v Uma ave levaria 3 semanas para dar 1 volta ao redor da Terra. A luz leva o tempo que a ave gasta para bater 1 vez as suas asas.

v Seu poder pode ser visto no relâmpago. Voltagem é a pressão com a qual os elétrons se movem e a amperagem é o número de elétrons que se movem dentro de um fio. 1 ampére significa 6 quintilhões e 242 quatrilhões de elétrons passando num ponto determinado de 1 fio em 1 segundo. Um raio de uma tempestade qualquer pode medir mais do que 100 milhões de volts e 160 mil ampéres.

Quem colocou tanto poder e força na luz?

Os limites do trabalho e influência da luz.

A)   Temperatura.

v A luz influencia diretamente a temperatura na Terra.

v Dependendo de onde você está, A Terra pode ser fria ou quente. A temperatura média em Dallol, Etiópia, é de 34 graus C positivos, e na estação Palteau, Antártida, é de 56 graus C negativos. Por que isto?

v As temperaturas são sempre mais altas perto do equador e onde não há nuvens, porque o calor ao Sol chega facilmente ao chão, que o absorve. E são mais baixas longe do equador porque o calor pode escapar mais facilmente para o espaço nestas regiões.

v A temperatura depende do quanto a superfície é brilhante. Nos pólos, o gelo reflete a luz do sol, enviando-a de volta ao espaço, fazendo a temperatura permanecer baixa. Solos nus e florestas absorvem mais radiação e mantém o calor.

v A temperatura também varia ao redor do mundo devido à forma como os raios do sol atingem a superfície. No equador, os raios solares atingem a Terra em linha reta e, por isto, estas áreas são normalmente mais quentes. Nos pólos, estes raios atingem a Terra em ângulo raso e o calor se espalha.

v O chão é aquecido pela luz do sol. Mas o ar é aquecido pelo calor que sobe do chão. É por isto que é sempre mais frio no alto das montanhas do que no fundo dos vales.

v Temperatura mais alta do mundo: 58 graus C- Deserto do Saara/ mais baixa: Estação Vostok, Antártida- 89 graus C negativo.

v Brasil, cidade com média de temperatura mais baixa- São Joaquim, SC- 13 graus C/ capital com média mais alta- Manaus, AM- 26, 7 graus C.

B) Estações.

v São as conhecidas: primavera, verão, outono, inverno.

v Dependem da inclinação da Terra em relação ao Sol.

v A Terra é como um pião girando ao redor do Sol. Ela se inclina, sempre para o mesmo lado. Quando ela está com um dos lados para o Sol, a inclinação faz com que o Hemisfério Norte fique mais próximo dele. 6 meses mais tarde, é o hemisfério sul que mais se aproxima desta bola de calor.

v No hemisfério inclinado, o Sol sobe alto no céu e os dias são longos e quentes: é o verão. No outro hemisfério, o sol se levanta pouco no céu e os dias são mais frios: é o inverno.

v Perto dos pólos, o Sol não se põe por vários meses durante o verão. Devido à inclinação da Terra, em países como a Finlândia, há luz do dia durante 24 h. Já no outro pólo acontece o contrário: escuridão da noite durante toda a mesma época.

c) Clima.

v Existem 8 climas diferentes na Terra. Eles acontecem por alguns motivos:

v O clima de uma área depende de sua posição na superfície da Terra, pois como já vimos, as terras perto do equador tem clima quente por receberem a luz do sol quase diretamente.

v As correntes marítimas levam calor ao redor do mundo e afetam o clima. Por isto a distância do mar influi no clima de uma região, assim como a sua altitude acima do nível do mar. Quanto mais alto o lugar, mais frio.

v O que Deus estava querendo dizer para Jó? Jó, você não consegue dirigir os fenômenos da natureza, nem mudar o seu curso. Eles aconteciam quando você nasceu e continuarão da mesma forma muito tempo depois de você morrer. Portanto, confie naquele que dirige tudo isto. Eu posso dirigir sua vida da mesma forma como faço com o tempo, as estações e o clima da Terra.

v Talvez a maior prova do poder de deus esteja em um pequeno componente de tudo o que existe: o átomo.

v O átomo é a menor partícula que existe. Ela forma a todos os seres vivos, bem como a todos os demais corpos criados. Tudo é feito por átomos.

v Incrível é a energia que Deus colocou dentro de cada átomo.

v Se pegarmos um pedaço de madeira e nele pusermos fogo, ele liberará uma boa quantidade de energia aquecendo nosso corpo, mas logo esta energia acabará. Mas se pudermos pegar cada átomo desta madeira e abri-lo, sairá uma quantidade monstruosa de energia capaz de aquecer-nos por milhões de anos sem parar. Os cientistas hoje conseguem realizar esta façanha. Chamamos esta operação de Fissão Nuclear, ou seu produto como Energia Atômica. Foi o que ocorreu em Hiroshima em 1945. Um pouquinho de energia atômica liberada destruiu a cidade japonesa inteira!

v A energia atômica de meio litro de água geraria suficiente calor para aquecer 100 milhões de toneladas de água de 0 a 100 graus C, isto é, fazer ferver toda a água de uma represa de 1 mil metros de comprimento, por 1 mil metros de largura, e 100 m de profundidade!

v Apenas 1 xícara de água pode fornecer a mesma potência de uma usina hidrelétrica de 100 mil kilowattas durante 1 ano!

v A energia atômica de um bilhete de passagem de trem é capaz de movimentar um expresso cheio de passageiros por várias viagens ao redor do planeta.

v Quem colocou tanta energia dentro desta pequeníssimas partículas? O nosso grande Deus.

v Aí pergunto eu a você: se Ele teve tanto poder para criar todas as coisas e mantê-las em sua devida ordem, não terá Ele poder para dirigir nossa vida, vencer nossos inimigos, resolver nossos problemas, nos dar forças para continuar a viver? É claro que sim. O que nos falta é confiar!

v Deus dá forças não só para os grandes astros. Ele encheu de poder os pequenos insetos.

v Uma formiga, 4 ou 5 dias depois de decapitada, ainda dá sinais de vida.

v A formiga saúva carrega morro acima, morro abaixo, um grão de milho, que corresponde a 20 vezes o peso do seu corpo, sendo que o homem consegue carregar, apenas a curta distância, apenas 4 vezes o peso do seu corpo.

v Muitos insetos resistem durante longo tempo à asfixia por submersão: há besouros estranhos à vida aquática que só morrem após 96 horas de afogamento completo!

v Existe na África uma mosca que bate as asas 120 vezes por segundo.

v Muito? Pois há outros insetos que chegam a bater as asas 2 mil vezes por minuto!

v Até hoje não se sabe como a mosca doméstica consegue pousar no teto, de cabeça para baixo. É um mistério sem fim.

v O inseto de vôo mais rápido é a libélula. Ela alcança a velocidade de mais de 80 km/h, o que faz de qualquer supersônico um simples “teco-teco” se comparados em sua capacidade pessoal.

v Um minúsculo inseto chamado podura assenta-se sobre molas. Dá saltos de 13 cm. Para o homem igualar esta façanha, teria de dar salto de 90 m!

v Leia comigo I Cor. 10.13.

São João escreveu: Jovens, eu vos escrevi porque sois fortes. I Jo. 2.14.

Qual é o limite do poder de Deus em minha vida? Efé. 3.20.

* O gato que salvou o trem: Duplicando os dólares.

APELO: confie no poder de Deus, e entregue-se a Ele!

Pr. MARCELO AUGUSTO DE CARVALHO.