RADIO TAJENOJE

Mar 17, 2011

A Glória de Perder e a Tragédia de Ganhar

A Glória de Perder e a Tragédia de Ganhar



por Gesiel Gomes

Quantos sejam os anos da vida de um ser humano, ela sempre se caracteriza por uma sucessão de ganhos e perdas.
Jesus estabeleceu princípios estranhos, porém sólidos e verdadeiros ao deixar claro que para ganhar é preciso perder.
Muitos vivem preocupados o tempo todo com a falsa glória de perder peso e a penosa tragédia de ganhar fama.
A perda de peso é falsa porque nada acrescenta ao caráter. O lucro da fama pode ser uma tragédia pelos inimigos que conquista e pelo mau uso das benesses por ela adquiridas.
Ganhar a salvação quase sempre significa perder amigos, mas estes são efêmeros enquanto aquela é eterna.
Quando Cristo nos ganhou, o Diabo nos perdeu.
Moisés perdeu o fausto do trono do Egito, mas ganhou a glória da comunhão com Deus no monte.
Abraão perdeu a estabilidade de Ur dos Caldeus, mas ganhou o status de peregrino de Adonai. Em Ur, vivia em esterilidade. Como peregrino, tornou-se pai de uma multidão de nações.
Muitos perdem a honra quando ganham muito dinheiro. Outros ganham reputação, quando perdem o temor de ser honrados.
Muitos perdem o tempo que não sabem aproveitar e ganham o prêmio da inatividade. Outros ganham o troféu de laboriosos, enquanto perdem o amor pela inércia.
Abrão perdeu o nome de mais alto, para ganhar o de mais amado. É melhor ser amado em baixo, que desprezado em cima.
Jacó perdeu o direito de andar totalmente ereto entre os homens, mas ganhou o privilégio de um novo nome, que o declarava príncipe de Deus. É melhor ter o defeito de Jacó que a beleza de Absalão.
Daniel perdeu o prazer de ricos banquetes, mas ganhou a bênção de interpretar sonhos do rei.
José perdeu a emoção de uma aventura rápida com a mulher de Potifar para ganhar a designação de Primeiro-Ministro da nação mais poderosa de seu tempo.
Esaú perdeu o respeito pela primogenitura para ganhar o título de leviano e fornicário.
João Batista considerou uma glória perder a cabeça física, para poder ganhar a aprovação da Cabeça Espiritual.
Ananias quis ganhar algumas cédulas que enriqueceriam seu patrimônio, mas perdeu a própria vida, sob o juízo de Deus.
Alguns perdem o respeito para ganhar posições. Outros perdem posições para ganhar o respeito.
Existem os que choram quando ganham, pois sabem que a vitória era de outros e os que se alegram quando perdem, pois perderam o que não deviam possuir.
Na contabilidade espiritual de Paulo, perder posições humanas era uma glória, enquanto ganhar almas era um privilégio.
Caro leitor, como estás no ganha-e-perde da vida?
Bem-aventurados os que se desvencilharam de tudo que ganharam erradamente.
Mais bem-aventurados ainda os que conseguiram recuperar tudo aquilo que jamais deveriam ter perdido.
O filho pródigo, longe de casa, experimentou a tragédia de ganhar amigos. Só quando vivenciou a glória de os perder, se sentiu realmente feliz.
O irmão do filho pródigo perdeu a alegria quando o viu ganhar a reconciliação.
Para aqueles que choram as muitas perdas de ontem, recordamos que elas serão superadas e esquecidas pelas vitórias de amanhã.
O cego de Jericó viveu a glória de “perder” sua capa, para não sentir a tragédia de ganhar a morte estando ainda cego.
Ganhar é uma tragédia quando está em jogo aquilo que não se deveria possuir. Perder é uma glória quando se trata daquilo que jamais se deveria obter.
Quando Jesus quis declarar que a tragédia de ganhar o mundo só pode ser evitada pelo desprezo à glória de ganhar o que ele oferece, Ele propôs uma questão, que nunca pode ser esquecida:
“De que aproveitaria ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma”?

NÃO ANDEIS ANSIOSOS DE COISA ALGUMA

David Miranda Filho

 

Texto base: Em tudo, porém sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições pela oração e pela súplica com ações de graças

FILIPENSES 4:6

     Deus tem um propósito a realizar, mas ele precisa que o homem esteja disposto a orar, para que se estabeleça Sua vontade aqui na Terra, está é a função da oração, preparar um caminho para que Deus realize Sua vontade, assim como uma locomotiva necessita dos trilhos para andar, Deus necessita da oração do homem para levar adiante Sua vontade, sendo assim o homem deve fazer com que sua vontade seja unida com a vontade de Deus para que se estabeleçam seus de signos, como podemos ver em 1 Jô 5:14-15 "E esta é a confiança que temos para com ele, que, se pedirmos alguma cousa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito.".

     A oração tem como objetivo que nós venhamos a fazer com que a vontade de Deus se estabeleça aqui na terra, desta forma, devemos conhecer melhor a vontade de Deus, para que nossas orações sejam agradáveis a Deus e nossos propósitos sejam cumpridos.

     A oração é o estabelecimento de um diálogo do homem com Deus, sendo que, devemos estar atentos a resposta de Deus, que vem através de nosso espírito ou através das circunstâncias exteriores. É através da oração que nós colocamos nossas ansiedades nas mãos de Deus, crendo que Ele é poderoso para nos dar paz interior, e resolver nossos problemas da melhor maneira possível para nosso crescimento espiritual.

     Quando somos iluminados por Deus, em nossa consciência, de nossos pecados, nós devemos imediatamente pedir perdão a Deus, através da oração, pedindo para sermos lavados pelo seu sangue, e nossos pecados serão perdoados. Devemos estar sempre orando, para sermos guardados das tentativas de satanás de nos levar ao pecado. Podemos dizer que a oração é o nosso termômetro espiritual, quando nós não conseguimos orar, indica que não estamos bem espiritualmente.

     Devemos aprender a observar o falar divino, em nosso espírito, enquanto estamos orando, pois Deus se comunica conosco através de nossa intuição, que é uma das partes do nosso espírito, mas cabe a nós, utilizando o nosso conhecimento bíblico, discernirmos se é ou não de Deus este falar, pois o inimigo pode também tentar nos enganar, lançando pensamentos em nossa mente que sutilmente nos induziram ao pecado.

     Vamos analisar o trecho da Bíblia mais importante sobre a oração, que se encontra em MT 6:5-13:

     5 E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos dos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa.

     6 Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.

     7 E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos.

     8 Não vos assemelheis, pois, a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lho peçais.

     9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;

     10 venham o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu;

     11 o pão nosso de cada dia dá-nos hoje;

     12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores;

     13 e não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal, pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre.

     Amém!

CONVICÇÃO PARA VENCER

 

Pr. Emerson Cobianchi

Texto base: Aquele que é nascido de Deus tem a vitória que vence o mundo

1 João 5:4  porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.

1 João 5:19  Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno.

Todo nascido de Deus vence as dificuldades, as tristezas, as perseguições,as doenças, as depressões, etc.

Quem é nascido de Deus?

Gálatas 3:26  Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus;

Vitória – sucesso, Êxito brilhante

Vencer – conquistar, triunfar

Este é o sucesso da conquista: a nossa convicção
Este é o Êxito brilhante do triunfo:  a nossa certeza

Qual é a nossa convicção: Que Deus faz ser as coisas que não são.

Porque que temos que ter convicção:

1 – Porque Somos Filhos

João 1:12  Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome;

Poder – exousia- permissão, licença, habilidade

Se somos filhos também somos herdeiros

Romanos 8:17  Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados.

O DNA de Deus está em nós mediante seu Espírito Santo

Gálatas 3:29  E, se sois de Cristo, também sois descendentes de Abraão e herdeiros segundo a promessa.

1 Coríntios 2:16  Pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? Nós, porém, temos a mente de Cristo.

2 – Jesus nos deu Autoridade

Mc 11: 22  Ao que Jesus lhes disse: Tende fé em Deus;
23  porque em verdade vos afirmo que, se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar no seu coração, mas crer que se fará o que diz, assim será com ele.
24  Por isso, vos digo que tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco.

Temos que ter fé em Deus e não em nós

Rm 12: 3  Porque, pela graça que me foi dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, segundo a medida da fé que Deus repartiu a cada um.

Duvidar- hesitar, estar em divergência consigo mesmo, não acreditar
Oração – falar com Deus      pedir – rogar, desejar  crer - convicção

Recebestes – lambano- agarrar com a mão

Por isso vos digo que tudo que você falar com Deus e desejar e ter convicção que já está em suas mãos, já esta mesmo nelas.  

Vitória no Vale das Lágrimas

 


Texto Bíblico: Salmos 84.5-7

Introdução: Esta é uma mensagem que com certeza você já ouviu algum homem de Deus pregar, e de varias formas e de vários ângulos esta mensagem já chegou até você, eu apenas gostaria de trazer uma palavra que me foi revelada neste contexto e com certeza ela, a Palavra de Deus fará á diferença em sua vida.

O Vale de Baca

O Vale de Baca, é chamado “Vale das Lamentações”, “Vale das Lágrimas”, “Vale das Bálsameiras” e “Vale Árido”. As plantas de Bálsamo existentes no vale “choravam”, isto é, destilava um líquido de aroma agradável que deveria tornar Baca um lugar perfumado. Bálsamos são conhecidos por suas propriedades confortantes e calmantes, sendo assim, o escuro vale, de difícil passagem continha os seus segredos. 

O Vale de Baca era rota obrigatória para os israelitas nas suas peregrinações a Jerusalém, e tornou-se um símbolo das tribulações que enfrentamos nesta nossa peregrinação terrena, a caminho da Jerusalém celestial.

Muitos de nós passamos por esse Vale, alguns poucas vezes, outros muitas, alguns até vivem em Baca, porém; assim como nós passamos por ele, ele também se irá de nós.   

1- É Inevitável em Nossas Vidas.

Os israelitas de quase toda palestina tinham que passar pelo Vale de Baca, quando a caminho de Jerusalém. A topografia os obrigava a isto. Na experiência cristã não é diferente.

Muitas são as adversidades que nos afligem e nos fazem chorar no decorrer de nossa peregrinação terrena: desapontamentos, desastres, calamidades, perdas, escassez, enfermidades e morte. De um modo ou de outro, cedo ou tarde, mais ou menos vezes, todos passaremos pelo Vale. O Vale é inevitável. É conseqüência da vida. Mais tem um porem, não estamos sozinhos neste vale. O Senhor Jeová Está Conosco! Exemplos:

- Na Fornalha de Fogo Ardente – “Ele é o Quarto Homem.” (Dn 3.25).

- Na Cova dos Leões – “Ele é o Leão da Tribo de Judá.” (Dn 6.16,20-22; Ap 5.5).

- No Vale das Nossas Vidas – “Ele é o Deus que Está Presente.” (Sl 23.4; Is 43.2; Hb 13.5b).

2- Lugar da Impossibilidade Humana.

O Vale de Baca é um lugar árido onde as condições de sobrevivência são bastante escassas, há poucos recursos, na verdade este “vale” nos possibilita ver que não somos nada. O Senhor permite a todos os seus filhos passar por este “Vale” em algum tempo de suas vidas para que possam perceber o quanto necessita do Senhor. As Sagradas Escrituras dizem:

- “… sem mim nada podeis fazer.” (Jo 15.5).

- “… a nossa capacidade vem de Deus.” (2Co 3.5).

- “A minha graça te basta, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza…” (2Co 12.9). 


Vale Lugar Onde o Homem Fala e Deus Responde:

Eu sou criatura e Deus diz Sou o Criador,

Eu estou embaixo e Deus diz Estou em Cima,

Eu sou pequeno e Deus diz Sou Grande,

Eu sou fraco e Deus diz Sou Forte,

Eu não sei e Deus diz Sou Sabedor de Todas as Coisas,

Eu não tenho e Deus diz Tenho Todas as Coisas,

Eu não posso e Deus diz Posso Todas as Coisas.

- “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te esforço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.” (Is 41.10).  

3- Lugar da Providência Divina.

O Vale de Baca é o “deserto” de nossas vidas onde aprendemos que só Jesus é o nosso sustento, nosso pão e nossa água. No Vale de Baca só existe baca (vegetação rasteira que não precisa de água para sobreviver), nós necessitamos de água para sobrevivermos. O Vale de Baca não é nosso lugar, temos que passar por lá em algum tempo de nossa vida e lá experimentaremos o Senhor Jesus como nossa fonte de água viva. Porque Ele é poderoso para abrir fontes no meio do Vale e te saciar de alegria.

- Para os Sedentos. (Jo 7.37; 4.14).

- Para os Famintos. (Jo 6.35,48).

- Para os Necessitados. (Fl 4.19).

- Para os Cansados e Sobrecarregados. (Mt 11.28).

- E Para Todos que Quiserem Vir. (Ap 22.17).

- “Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera,” (Ef 3.20).


Resumo: Quem quer alegria, conquista e vitória é necessário passar pelo Vale de Baca. “O qual passando pelo vale de Baça, faz dele uma fonte…” (v.6). Longe de desanimar ou desfalecer, vai “indo de força em força…” (v.7), e tome posse da vitória em nome do Senhor Jesus.  Hei, não desista, prossiga! O salmista diz:

- “… o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” (Sl 30.5).

- “Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos.” (Sl 126.5,6).

Por Eloizio editor do Blog Esboços e Mensagens Edificantes

Mar 16, 2011

NÃO ENTRE EM DESESPERO, JESUS ESTA NO BARCO.


Pr. Gilberto

 

Texto base: marcos 4.31-45

Texto marcos 4.31-45
Para os Judeus o mar era o lugar da morada dos monstros e dos poderes da morte, onde a frágil vida do homem estava em constante perigo.
Para os membros das comunidades, Jesus parece estar dormindo, pois não aparece nenhum poder divino para salvá-las das perseguições.
É em vista desta situação de desespero que Marcos na hora de escrever o seu Evangelho, como resposta positiva para as comunidades se animarem, recolhe vários episódios da vida que revelam qual o Jesus presente no meio das comunidades.
Com esse episódio Marcos procura abrir os olhos dos membros da sua comunidade para mostrar-lhes que o contrário da fé não é a incredulidade, mas sim o medo.
E que o medo impede de compreender Jesus como o Senhor da vida, que triunfa sobre a morte.

Jesus é vencedor! Não há motivo para elas terem medo. Este é o motivo do relato da tempestade acalmada.
As comparações de nossas vidas com o mar são constantes, tanto em leituras bíblicas, como também em outros tipos de histórias, músicas, livros.
Em outros Evangelhos, em outros momentos o mar também faz parte do cotidiano da vida e dos ensinamentos de Jesus, basta dizer que alguns de seus discípulos eram pescadores.
Mas por que relacionar tanto o mar com nossa história, nossos momentos?
É simples de explicar: por vezes, nossas vidas estão tão calmas que parece que nada acontece, nem um vento sopra e tudo parece calmaria, entretanto não saímos do lugar, a não ser que nosso próprio esforço venha nos mover ficaremos lá, parados; já em outras situações parece que “as águas do mar da vida querem te afundar” e se não for à mão de Deus, é difícil sobreviver.
É o que acontece justamente neste Evangelho de hoje, o mar daquelas pessoas está agitado e por um instante eles acreditam que Jesus simplesmente não se importa, pois afinal Ele está dormindo enquanto que todos estão em desespero. Isso, certamente acontece conosco com facilidade, tudo está tão confuso, turbulento que acreditamos que Jesus não está “ligado” no que nos está acontecendo.

E qual a lição que tiramos desta passagem?
Os discípulos resolvem acordar Jesus e para nós seria como rezar, pedir auxilio, já que neste momento somos impotentes. E Ele vai lá e faz Sua parte: acalma os ventos e tudo volta ao normal.
É fácil se identificar com esta situação: os problemas aparecem nos fazem sentir medo, desespero, e até mesmo desafiam nossa fé! Muitas vezes julgamos a atitude de Deus, em nos deixar passar por aquela situação e não fazer nada para mudar, como se estivesse dormindo, mas algo em nós é maior que o medo e a fraqueza e nos faz pedir, clamar por ajuda, e prontamente Ele vem e resolve tudo, acalma nossas águas exaltadas.
É preciso confiar e acreditar que Ele está no comando, que apesar daquele momento, Deus tudo pode e jamais vai nos abandonar, e certamente, aquela turbulência foi necessária para nosso crescimento, fortalecimento. Jesus vem em nosso auxílio, acalmar os ventos e nos levar à calmaria.
É preciso fé para crer que o impossível Ele pode realizar.

Autor : Pr. Gilberto

QUANDO O FOGO DO ESPÍRITO SE APAGA

Luis Dicara

Texto base: As consequências do esfriamento com Deus são horríveis

 

 

"As consequências daqueles em que o fogo se apagou na sua vida espiritual são horríveis"
Texto: I Ts 5.19 "Não extingais o Espírito ".
Introdução: Há um desencadear de esfriamento espiritual, o pecado ronda e domina, a fé se torna morta. Ficamos totalmente relaxados e acomodados, tudo isso torna comum na nossa vida e o pecado as nossas atitudes e por isso é gerado o apagar ( a extinção ), o sufocamento do fogo do Espirito Santo em nossas vidas e perdemos cada vez mais o interesse pelas coisas de Deus.
As consequências:
1. Perdemos a visão espiritual - Não há mais discernimento - I Sm 1.14 - Eli é um exemplo disso, que Deus nos dê cada vez mais visão para que possamos discernir o que é de Deus e seguir seus decretos.
2. O Espirito Santo se retira do crente - Jz 16.20 - Sansão foi um exemplo quando pensou já o Espirito do Senhor não estava mais com ele, cuidado jovens, moços, não brinque com o pecado senão você de herói será transformado pelos teus inimigos em palhaço.
3. Perdemos o primeiro amor, esfriamos - Nos tornamos crentes de Laudicéia - Mt 24.12 , Ap 2.3,4.
4. Perdemos o temor de Deus e nosso zelo se torna relaxado - I Sm 2. 17-22 "Era, pois, muito grande o pecado destes moços perante o SENHOR, porquanto os homens desprezavam a oferta do SENHOR. Os filhos de Eli.
5. A igreja é abandonada - Deixamos a igreja em segundo plano, não sentimos mais a vontade de termos comunhão em Cristo e com nossos irmãos - Hb 10.25
6. Nos tornamos críticos e nossa fé é rejeitada - I Tm 1.19-20 -" Conservando a fé, e a boa consciência, a qual alguns, rejeitando, fizeram naufrágio na fé.
E entre esses foram Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar." Nossa fé se torna uma ruína.
7. Deus não toma mais lugar de primeiro na nossa vida e sim o mundo a carne e suas concupiscências - I Jo 4.4 - Afastamos cada vez mais de Deus e amamos cada vez mais o mundo.
Conclusão: Que Deus nos dê fervor a cada dia, para que sejamos inflamados pelo seu Poder pois não há desgraça pior do que perder o fogo do Espirito Santo na nossa vida.

O QUE OS JOVENS ESTÃO FAZENDO

Marcos Vinicius

Texto base: Cada geração tinha um ideal, a atual está deteriorada

Então se virou o SENHOR para ele, e disse: Vai nessa tua força, e livra a Israel da mão dos midianitas; porventura não te enviei eu? E ele lhe disse: Ai, senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu o menor na casa de meu pai.

INTRODUÇÃO:
O que os jovens estão fazendo? Esta é uma das frases que estão acompanhando cada geração que surge. Nos anos 70 os jovens estavam buscando sua “liberdade”, era a época dos hippies, época de “paz e amor”.
Esta paz e amor meramente humanos acabou com o início da guerra do Vietnã e Estados Unidos. Nos anos 80 tivemos a geração coca-cola, busca da liberdade sexual, busca da independência dos pais.
Época de inúmeros problemas sociais, drogas, prostituição e o surgimento da AIDS.
Agora no final do século vemos uma sociedade deteriorada, onde seus valores morais foram perdidos e o homem encontra-se em seu vazio. É a geração digital, a geração do “faça você sozinho”.

1 – ESTÃO AMANDO O MUNDO:
Não lembram de Deus, mas somente de sua vida, de seus prazeres, riquezas.
(1 João 2.15-17) Não ameis o mundo nem as cousas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida não procede do Pai, mas procede do mundo.
Ora, o mundo passa bem como a sua concupiscência; aquele, porém que faz a vontade de Deus permanece eternamente.

2 – ESTÃO DE BRAÇOS CRUZADOS:
Estão vendo o trem da história passar; estão esperando pelos outros; não tem mais vontade e força para viver.
(Mateus 7.26) E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica, será comparado a um homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;(Tiago 4.17) P
ortanto aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz, nisso está pecando.

3 – ESTÃO SERVINDO AO DEUS VIVO:
O Senhor chama e unge seus escolhidos:
(1 Samuel 16.13a) Tomou Samuel o chifre do azeite, e o ungiu no meio dos seus irmãos; e daquele dia em diante o Espírito do Senhor se apossou de Davi.
Os servos pedem mais unção, capacitação:
(2 Reis 2.9b) Disse Eliseu: Peço-te que me toque por herança porção dobrada do teu espírito.
Os servos cheios do Espírito Santo clamam para serem usados:
(Isaías 6.8b) Eis-me aqui, envia-me a mim.
Jesus ordena que todos preguem, anunciem as boas novas do evangelho:
(Marcos 16.15) E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.

OS TRÊS CONSELHOS

 

"Um casal de jovens recém-casados, era muito pobre e vivia de favores num sítio do interior. Um dia o marido fez a seguinte proposta para a esposa: "Querida eu vou sair de casa, vou viajar para bem longe, arrumar um emprego e trabalhar até ter condições para voltar e dar-te uma vida mais digna e confortável. Não sei quanto tempo vou ficar longe, só peço uma coisa, que você me espere e enquanto eu estiver fora, seja FIEL a mim, pois eu serei fiel a você. " Assim sendo, o jovem saiu. Andou muitos dias a pé, até que encontrou um fazendeiro que estava precisando de alguém para ajudá-lo em sua fazenda. O jovem chegou e ofereceu-se para trabalhar, no que foi aceito. Pediu para fazer um pacto com o patrão, o que também foi aceito. O pacto foi o seguinte: "Me deixe trabalhar pelo tempo que eu quiser, e quando eu achar que deva ir, o senhor me dispensa das minhas obrigações. EU NÃO QUERO RECEBER O MEU SALÁRIO. Peço que o senhor o coloque na poupança até o dia em que eu for embora. No dia em que eu sair o senhor me dá o dinheiro e eu sigo o meu caminho". Tudo combinado. Aquele jovem trabalhou DURANTE VINTE ANOS, sem férias e sem descanso. Depois de vinte anos chegou para o patrão e disse: "Patrão, eu quero o meu dinheiro, pois estou voltando para a minha casa." O patrão então lhe respondeu: "Tudo bem, afinal, fizemos um pacto e vou cumpri-lo, só que antes quero lhe fazer uma proposta, tudo bem? Eu lhe dou o seu dinheiro e você vai embora, ou LHE DOU TRÊS CONSELHOS e não lhe dou o dinheiro e você vai embora. Se eu lhe der o dinheiro eu não lhe dou os conselhos; se eu lhe der os conselhos, eu não lhe dou o dinheiro. Vá para o seu quarto, pense e depois me dê a resposta. " Ele pensou durante dois dias, procurou o patrão e disse-lhe: "QUERO OS TRÊS CONSELHOS." O patrão novamente frisou: "Se lhe der os conselhos, não lhe dou o dinheiro." E o empregado respondeu: "Quero os conselhos." O patrão então lhe falou: 1. NUNCA TOME ATALHOS EM SUA VIDA. Caminhos mais curtos e desconhecidos podem custar a sua vida. 2. NUNCA SEJA CURIOSO PARA AQUILO QUE É MAL, pois a curiosidade para o mal pode ser mortal. 3. NUNCA TOME DECISÕES EM MOMENTOS DE ÓDIO OU DE DOR, pois você pode se arrepender e ser tarde demais. Após dar os conselhos, o patrão disse ao rapaz, que já não era tão jovem assim: "AQUI VOCÊ TEM TRÊS PÃES, estes dois são para você comer durante a viagem e este terceiro é para comer com sua esposa quando chegar a sua casa.“ O homem então, seguiu seu caminho de volta, depois de vinte anos longe de casa e da esposa que ele tanto amava. Após primeiro dia de viagem, encontrou um andarilho que o cumprimentou e lhe perguntou: "Pra onde você vai?“ Ele respondeu: "Vou para um lugar muito distante que fica a mais de vinte dias de caminhada por essa estrada." . O andarilho disse-lhe então: "Rapaz, este caminho é muito longo, eu conheço um atalho que é dez, e você chega em poucos dias.“ O rapaz contente, começou a seguir pelo atalho, quando lembrou-se do primeiro conselho, então voltou e seguiu o caminho normal. Dias depois soube que o atalho levava a uma emboscada. Depois de alguns dias de viagem, cansado ao extremo, achou pensão à beira da estrada, onde pode hospedar-se. Pagou a diária e após tomar um banho deitou-se para dormir. De madrugada acordou assustado com um grito estarrecedor. Levantou-se de um salto só e dirigiu-se à porta para ir até o local do grito. Quando estava abrindo a porta, lembrou-se do segundo conselho. Voltou, deitou-se e dormiu. Ao amanhecer, após tomar café, o dono da hospedagem lhe perguntou se ele não havia escutado gritos durante a noite, e ele respondeu que sim. O hospedeiro perguntou-lhe se não estava curioso a respeito, e ele respondeu que não. O hospedeiro prosseguiu: “VOCÊ É O PRIMEIRO HÓSPEDE A SAIR DAQUI VIVO, pois meu filho tem crises de loucura, grita durante a noite... e quando o hóspede sai, mata-o e enterra-o no quintal.” O rapaz prosseguiu na sua longa jornada, ansioso por chegar a sua casa. Depois de muitos dias e noites de caminhada... Já ao entardecer, viu entre as árvores a fumaça de sua casinha, andou e logo viu entre os arbustos a silhueta de sua esposa. Estava anoitecendo, mas ele pode ver que ela não estava só. Andou mais um pouco e viu que ela tinha entre as pernas, um homem a quem estava acariciando os cabelos. Quando viu aquela cena, seu coração se encheu de ódio e amargura e decidiu-se a correr de encontro aos dois e a matá-los sem piedade. Respirou fundo, apressou os passos, quando lembrou-se do terceiro conselho. Então parou, refletiu e decidiu dormir aquela noite ali mesmo e no dia seguinte tomar uma decisão. Ao amanhecer, já com a cabeça fria, ele pensou: “NÃO VOU MATAR MINHA ESPOSA E NEM O SEU AMANTE. Vou voltar para o meu patrão e pedir que ele me aceite de volta. Só que antes, quero dizer a minha esposa que eu sempre FUI FIEL A ELA". Dirigiu-se à porta da casa e bateu. Quando a esposa abre a porta e o reconhece, se atira em seu pescoço e o abraça afetuosamente. Ele tenta afastá-la, mas não consegue. Então, com lágrimas nos olhos lhe diz: "Eu fui fiel a você e você me traiu..." . Ela espantada lhe responde: "Como? Eu nunca lhe trai, esperei durante esses vintes anos!" . Ele então lhe perguntou: "E aquele homem que você estava acariciando ontem ao entardecer?" "AQUELE HOMEM É NOSSO FILHO. Quando você foi embora, descobri que estava grávida. Hoje ele está com vinte anos de idade.“ Então o marido entrou, conheceu, abraçou o filho e contou-lhes toda a sua história, enquanto a esposa preparava o café. Sentaram-se para tomar café e comer juntos o último pão. APÓS A ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO, COM LÁGRIMAS DE EMOÇÃO, ele parte o pão e, ao abrí-lo, encontra todo o seu dinheiro, o pagamento por seus vinte anos de dedicação! " Muitas vezes achamos que o atalho "queima etapas" e nos faz chegar mais rápido, o que nem sempre é verdade... Muitas vezes achamos que o atalho nos poupa tempo e até mesmo algumas etapas na vida e nos faz chegar mais rápido ao nosso destino, o que nem sempre é verdade... Sempre que quisermos andar por caminhos mais curtos e mais fáceis em nossas vidas, teremos grandes prejuízos. Normalmente quanto queremos encurtar nossos caminhos passamos por muitas dores e tribulações. E quase sempre somos curiosos, queremos saber de coisas que nem ao menos nos dizem respeito e arrumamos confusão. Devemos ter em mente que a curiosidade nada de bom nos acrescentará... a não ser problemas para nossas vidas. Outras vezes, agimos por impulso, na hora da raiva, e fatalmente nos arrependemos depois... Mas, se seguirmos o que diz a Palavra de Deus, podemos até nos irar mas, não iremos cometer pecados."Irai-vos, e não pequeis". (Efésios 4:26). Espero que você, assim como nós, não se esqueça desses três conselhos e que, principalmente, não se esqueça de CONFIAR em DEUS... "O orgulhoso de coração levanta contendas, mas o que confia no SENHOR prosperará." (Provérbios 28:25) "Bendito o homem que confia no SENHOR, e cuja confiança é o SENHOR." (Jeremias 17:7) "Bem-aventurado todo aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos". (Salmos 128:1). "Jesus disse: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim". (João 14:6). Glória seja dada ao Senhor Jesus. Amém.

UM PALÁCIO PARA DEUS 1 Reis 5.17

"E mandou o rei que trouxessem pedras grandes, e pedras preciosas, e pedras lavradas, para fundarem a casa" - I Reis 5:17
Introdução
A edificação do primeiro templo em Jerusalém é uma maravilhosa figura profética.
Salomão recebeu de seu pai Davi a incumbência de construir um palácio para Deus, um lugar que seria referência da presença do Senhor, não apenas para seu povo, mas para todas as nações da Terra.
O templo, por causa da sua decoração, foi considerado uma das sete maravilhas do mundo antigo... foi a obra mais caras da época, a mais linda...
Mas, tudo que envolveu aquela magnífica obra revelava grandeza e excelência. - isto, porque, o "endereço de Deus" entre os homens deveria manifestar seu caráter.
Por isso cada detalhe da obra estava impregnado de sentido profético.
O templo de Salomão, assim como várias outras figuras do Antigo Testamento, apontava para uma realidade maior.
Na Nova Aliança, Deus não está mais morando em lugares e objetos. Ele não habita em prédios feitos por mãos humanas.
Pregando na Câmara Municipal de Atenas, na Grécia, o apóstolo Paulo declarou: "Deus, que fez o mundo e tudo o que nele existe, é o Senhor do céu e da terra e não mora em templos feitos por seres humanos". Tremendo, não!! (At 17:24).
Irmãos: Já chegou a hora em que a adoração não está mais restrita a Jerusalém e nem a nenhum outro lugar da Terra.
Jesus disse isso à mulher samaritana (Jo 4:21,22): "Chegará o tempo em que ninguém vai adorar a Deus nem neste monte nem em Jerusalém".
Porque, hoje, há um grandioso templo sendo edificado com o mesmo propósito do de Salomão: ser referência da presença do Senhor para os povos.
Só que agora, o templo é vivo, as pedras são vivas, a edificação não é mais feita com areia, tijolo, matéria inanimada. Não, é com gente!
Esta é a grande revelação que Pedro nos traz ao escrever a sua primeira carta: "Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual..." (I Pe 2:5). A NTBH diz: "Vocês, também, como pedras vivas, deixem que Deus os use na construção de um templo espiritual".
Sim, eu e você somos a matéria-prima com a qual Deus está levantando um grande palácio para Ele.
A Bíblia diz que Salomão "mandou que trouxessem pedras grandes, e pedras preciosas, e pedras lavradas para fundarem a casa" (I Rs 5:17).
Que maravilhoso paralelo! É deste tipo de gente que Deus precisa nos nossos dias para que o templo, chamado Igreja, seja acabado e sua glória finalmente possa vir.
Essa é a revelação: Nós fomos salvos, fomos separados do pecado, fomos comprados, e agora, Deus quer usar-nos para a construção do Seu magnífico palácio: a Igreja!
E à semelhança de Salomão, Deus está mandando que sejam trazidas pedras grandes, pedras preciosas e pedras lavradas para a Sua casa ser construída. Vamos considerar isto!
...Primeiro, para a construção do Palácio de Deus:
VOCÊ DEVE SE APRESENTAR COMO PEDRA GRANDE
Nós precisamos ser e precisamos preparar os novos crentes para que se revelem como "pedras grandes" na Casa do Senhor.
Estou falando de gente que pensa grande, que enxerga grande, que frutifica grande.
Para tanto, é preciso que façamos cair por terra as "fortalezas de tacanhice" que o sistema secular plantou em nossas mentes e emoções.
O que eu chamo de tacanhice? ...aquela mentalidade do "do jeito que tá, tá bom"; a cultura do "se melhorar, estraga"... essas coisas... são fortalezas que o diabo levantou!
No dicionário, tacanho é não ter largueza de vistas nas suas idéias; é ser estreito, pequeno.
Um baterista que sempre tocar do mesmo jeito, sem se aperfeiçoar em novos métodos, é tacanho... Um dançarino que não aprimorar seus passos com novos movimentos, é tacanho... Um pregador que sempre prega num mesmo estilo, sem se aventurar a novos métodos, é tacanho... Uma igreja que não enxerga além das suas paredes, é tacanha.
Muitas pessoas têm a visão curta! Isso faz mal à obra. Uma visão enferma, torna a vida enferma.
Irmãos, falo em nome do Senhor: Nós não podemos mais admitir uma mentalidade de submundo, regida por sentimentos de incapacidade, de inferioridade e de desvalor.
O Senhor nos chamou para um enorme projeto - um projeto de conquista das nações. Ele disse: "Ide por todo o mundo e fazei discípulos de todas as nações"!
É uma grande comissão! É uma grande obra! ...comecemos a conquistar, para Jesus, o Barão de Macaúbas (nosso bairro), depois a cidade, depois vamos avançando, avançando, até conquistar as nações... a obra é grande!
Mas para isto, Deus precisa de vidas que sejam capazes de se mover na força do seu poder, que suportem nos ombros grandes pesos, e que caminhem como conquistadores por natureza. Amém?
Você se apresenta para este propósito divino?
Em segundo lugar, para construir um Palácio para Deus:
VOCÊ DEVE SE APRESENTAR COMO PEDRA PRECIOSA
Precisamos ser e preparar os crentes novos para que sejam do tipo "pedras preciosas".
Com isso, me refiro a gente que traga a excelência no seu caráter e, por conseguinte, que revele esse caráter em ações e frutos.
Há uma voz profética sobre a Igreja dizendo: "Chega de mediocridade!" O povo de Deus não pode mais ser um povo comum, dado à mesmice, contente com o pouco de Deus, enquanto há dEle, uma vida abundante a ser experimentada!
Tenho uma conclusão triste a respeito de alguns irmãos que conheci, porque me passaram a idéia de que se lá no céu, não puderem passear pelas ruas de ouro, mas se puderem ficar naquela laminha de beira de estrada, estarão com isso, muito contentes. Eles dizem: "Que me importa? O negócio é entrar no céu; entrar já é negócio!" ...e assim, vão levando uma vida de crentes muito morna. Isso é mediocridade.
Jesus advertiu uma igreja inteira, a igreja de Laodicéia, contra essa mentalidade, ao dizer: "porque são apenas mornos, nem frios nem quentes, vou logo vomitá-los da minha boca" (Ap 3.16).
Irmãos: nossa vida tem que revelar em tudo o padrão de excelência dos céus: o céu é lindo, é sublime, é espetacular, é de uma santidade absoluta... a nossa vida tem que refletir isso!
Nossas práticas devocionais, nosso ministério, nossa família, nossa saúde, nossas finanças, nossa profissão, enfim, tudo o que somos e fazemos precisa trazer a marca do precioso, do superior, do melhor.
É claro que isto custa um preço. Você não tropeça em pedras preciosas andando pela rua. É necessário cavar, garimpar, buscar com perseverança.
Mas quero lhe dar uma boa notícia: a excelência já está plantada em você! Sim, todo aquele que nasceu de novo é verdadeiramente nobre, tem capacidade de projetar coisas nobres e tem nobreza para perseverar. Amém!?
Digo isto porque o melhor de Deus, que é Jesus, está em você!
Então, é necessário apenas remover os entulhos da velha natureza, para que a sua vida seja uma referência do que há de melhor nesta terra.
Finalmente, para construir um Palácio para Deus:
VOCÊ DEVE SE APRESENTAR COMO PEDRA LAVRADA
O Senhor quer nos levantar como "pedras lavradas" para edificar sua casa.
Isto fala de tratamento, fala de mudança em nossas vidas, fala de discipulado.
É através do processo de discipulado que somos transformados de pedras brutas em pedras lavradas, polidas, prontas para a obra de Deus.
Você sabe o que é DISCIPULADO?
Talvez a minha listinha das diferenças do CRENTE para o DISCÍPULO, possa ajudar. Todo discípulo é um crente, mas nem todo crente é um discípulo. Veja só:
O crente cai facilmente na rotina; o discípulo é um revolucionário.
O crente depende dos afagos de seu pastor; o discípulo está determinado a servir a Deus.
O crente gosta de elogios; o discípulo do sacrifício vivo.
O crente entrega parte de suas finanças; o discípulo entrega toda a sua vida.
O crente reclama e murmura; o discípulo obedece e nega-se a si mesmo.
O crente exige que os outros o visitem; o discípulo visita.
O crente pensa em si mesmo; o discípulo pensa nos outros.
O crente se senta para adorar; o discípulo anda adorando.
A meta do crente é ir para o céu; a meta do discípulo é ganhar almas para povoar o céu.
O crente pede que os outros orem por ele; o discípulo ora pelos outros.
Ao todo são umas 50 diferenças que tenho na minha listinha. Alguém me enviou pela Internet!
O fato é que precisamos ser lavrados em nosso caráter, polidos no caráter, moldados no caráter, pelo Senhor - e o discipulado é que proporciona isso.
Por isso que, somente aqueles que se submetem ao tratamento, podem finalmente ser aproveitados em lugares-chave da Casa do Senhor.
Conclusão
Amado: Deus está edificando a Igreja, um Palácio para Ele! Coisa nobre, porque Deus é nobre!
Você está disposto a andar por este caminho?
Está disposto a assemelhar-se àquelas pedras que Salomão mandou trazer, pedras grandes, preciosas e lavradas para a edificação do templo?
Você vai permitir que aquelas áreas da sua vida, que trazem deformidades, sejam tratadas?
Isso pode ser bem doloroso, mas não há como revelar a glória de Deus sem antes passarmos pelo caminho da renúncia e do quebrantamento.
Minha oração é para que Deus encontre em você uma pedra viva, pronta para fazer parte do magnífico palácio para Deus, que Ele mesmo está edificando neste tempo.
Pr Walter Pacheco da Silveira

Mar 15, 2011

Voltando a Betel

 

Texto: Gênesis 35:1-7
Introdução: Para entender a mensagem desta noite é imperativo que eu te leve de volta a Gênesis 27. Esaú em seu momento de fraqueza vendeu a sua primogenitura a Jacó. Jacó através do engano e com a ajuda de sua mãe foi a Isaque e recebeu a primogenitura. Esaú finalmente chega à conclusão do que ele fez e agora ele está tão irado que ele faz a afirmação de que ele iria matar seu irmão Jacó. Rebeca diz a Jacó para ir para a casa de Labão até que Esaú se acalmasse. Neste momento eu acredito que Jacó era um homem muito assustado.
Jacó começa sua jornada para Harã, mas tem que parar durante a noite em um lugar chamado Luz. Ele reúne algumas pedras para um travesseiro e vai dormir e então o Senhor começa a se mover em seu coração. Jacó tem um sonho de uma escada que ligava a terra e o céu e os anjos de Deus subiam e desciam por ela. E o Senhor estava sobre ela e proclamava (Gênesis 28:13) “Eu sou o Senhor Deus de Abraão teu pai, e o Deus de Isaque, a terra em que estás deitado, eu ta darei, a ti e a tua descendência" Jacó é movido por essa experiência, então, tomou a pedra que ele usou como travesseiro e ungiu como um memorial. Ele chamou o nome daquele lugar, Betel, que significa "casa de Deus" Avançando 30 anos depois e o assunto da minha mensagem "Voltando a Betel"
Muitas pessoas hoje são como Jacó, eles foram ao local onde se encontraram com Deus e fizeram uma promessa a ele que se ele ajudasse-os com isto ou aquilo, iriam viver para Ele para sempre. No entanto, as dificuldades, provações e o pecado os fez esquecer a promessa. 30 anos depois e a família de Jacó estava uma bagunça e ele precisava de Deus. No versículo 1 do nosso texto: "Deus disse a Jacó: Levanta-te, sobe a Betel e habita ali; e faze ali um altar ao Deus que te apareceu quando fugias da presença de Esaú, teu irmão"
I. Betel é um lugar de conhecimento
A. Este é o lugar onde Jacó se encontrou com Deus.
B. Há muita gente hoje que sabe menos sobre Deus do que eles sabiam quando foram salvos
1. II Pedro 1:9 “Pois aquele a quem estas coisas não estão presentes é cego, vendo só o que está perto, esquecido da purificação dos seus pecados de outrora”.
C. A razão para isto é que eles se esqueceram de sua experiência em Betel
D. Jacó encontrou Deus durante um tempo de angústia em sua vida
E. Ele estava com medo e estava basicamente correndo por sua vida.
F. Muitos de nós hoje precisamos voltar ao lugar onde conhecemos o Senhor
G. Betel é o lugar onde você pode voltar e encontrar poder, pureza e paz.
H. É o lugar onde você pode voltar e renovar seu amor pelo Senhor mais uma vez

II. Betel é um lugar de afirmação.
A. Você consegue se lembrar de todas as vezes que você prometeu a Deus que se ele o ajudasse você faria isso ou você nunca mais faria tal coisa?
B. Lembra-se do voto que você fez na noite em que foi salvo e prometeu ao Senhor que se ele te salvasse então você viveria para ele
C. Jacó se lembrou do voto que ele fez ele fez, em Gênesis 28:20-22
D. Gênesis 28:20 “Fez também Jacó um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta jornada que empreendo, e me der pão para comer e roupa que me vista”
E. (Gênesis 28:21) “de maneira que eu volte em paz para a casa de meu pai, então, o SENHOR será o meu Deus;”
F. (Gênesis 28:22) “e a pedra, que erigi por coluna, será a Casa de Deus; e, de tudo quanto me concederes, certamente eu te darei o dízimo”
G. Nós precisamos voltar a afirmar a nossa graça. Não é para questionar a nossa salvação, mas para afirmar a graça de Deus em nossa vida.
H. Nós precisamos voltar a afirmar a nossa meta. A razão pela qual fomos salvos. Que acontecimento em nossa vida nos ajudou a receber a salvação?
I. Nós precisamos voltar a afirmar o nosso Deus. Eu acho que muitas vezes as pessoas se esquecem de Deus é quem ele diz que é.

III. Betel era um lugar de altares.
A. No verso 1 do nosso texto, “Deus disse a Jacó: Levanta-te, sobe a Betel e habita ali, e faze ali um altar ao Deus que te apareceu”
B. Jacó tinha fugido de Betel e se estabelecido entre os povos pagãos e agora estava colhendo os dividendos.
C. Em Gênesis 34:2 Diná, sua filha tinha saído para ver as filhas da terra. Ela estava se misturando com o mundo.
D. Siquém a viu e eventualmente a profanou. Agora, há uma crença que diz que ela foi levada contra sua vontade. No entanto, a palavra profanou não significa isso, significa simplesmente contaminar ou sujar.
E. Tem muitas pessoas hoje que estão se contaminando.
F. (Gênesis 34:7-26) Ouvindo o que tinha acontecido, os filhos de Jacó ficaram absolutamente furiosos com o incidente. Hamor propôs uma solução de casamentos mistos entre os israelitas e Cananitas com plenos direitos para os israelitas.
G. Os filhos de Jacó não tinham intenções de deixar Diná casar, mas mentiram e concordaram que, se os cananeus passassem pelo rito da circuncisão. Eles concordariam.
H. Enquanto os homens estavam se recuperando os filhos de Jacó mataram e tomaram a Diná da casa deles.
I. Por fim, em Gênesis 35:2 Jacó teve de dizer a sua casa para lançar fora os seus deuses estranhos.
J. Voltar a sua Betel espiritual requer duas coisas:
1. Arrependimento - "lançar fora os deuses estranhos". Gênesis 35:4
2. Reedificação – “Purificai-vos e mudai as vossas vestes”

IV. Betel era um lugar de garantia.
A. Deus reapareceu a Jacó
B. Jacó retornou e construiu um altar e chamou El-Betel porque Deus lhe aparecera, quando fugia de seu irmão.
C. Mas Deus foi fiel em (Gênesis 35:9) “E Deus apareceu outra vez a Jacó, quando ele voltou de Padã-Arã, e o abençoou”.

Conclusão: Deus mudou a vida de Jacó, depois que ele voltou para Betel. Deus mudou o nome de "enganador" para "príncipe com Deus", v. 10. Deus renovou todas as promessas que tinha feito a Abraão, Isaque e deu-lhes de novo a Jacó, v. 11-12. Deus fez tudo isso porque Jacó, obedecendo ao chamado de Deus voltou para Betel.
Pr. Aldenir Araújo

Mar 14, 2011

PAI BOM DE BRAÇO

 

 

Jó 38. 1- 16. Ler do 1 ao 3.

- Jó estava extremamente desesperado. Ele não sabia mais o que fazer. Parecia que o mundo estava sobre si e que não havia mais esperanças em sua vida.

- Ele havia perdido tudo o que possuía: suas jumentas, as ovelhas, os pastores, os camelos, os empregados, e finalmente seus 10 filhos.

- Estava pobre, tão impotente como veio ao mundo.

- Sua esposa estava contra ele, achando ser ele o motivo de toda aquela desgraça.

- Seus melhores amigos também pensavam o mesmo.

- Estava muito doente, cheio de chagas, feridas horríveis por todo o corpo.

O que poderia ele mais esperar da vida? Tinha muita fé em seu Deus e não queria abandoná-lo. Mas neste momento extremo, gritou a Deus em busca de respostas.

Deus o ouviu. E o respondeu. Qual foi a resposta divina? “Jó, toda vez em que se achar injustiçado, incompreendido, triste, lá embaixo, pare um pouco, e medite em minhas obras. Estude a natureza, e encontrarás suas respostas”.

* O mesmo Deus nos diz hoje: Você está na mesma situação de Jó, sentindo-se indefeso diante da vida? Olhe para a natureza, e terá uma surpresa: o seu Deus é imensamente poderoso.

Criação da Terra.

- Realmente a criação de nosso mundo deve ter sido fantástica. Primeiro precisamos entender onde ele está para depois estudá-lo particularmente.

- A Terra está dentro do que chamamos de Universo. O que é isto? O universo é tudo o que você pode imaginar, e mais ainda. Ele inclui todos os seres vivos, todas as luas, planetas, estrelas, meteoros, e até o espaço vazio que há no meio de tudo isto.

v Segundo alguns cálculos, o Universo todo deve ser formado por umas 100 bilhões de galáxias, que carregam dentro de si bilhões de sistemas solares e dentro destes milhares de planetas e luas.

v A Terra foi colocada por Deus em uma destas galáxias, chamada Via-Láctea, que faz parte de um aglomerado de 30 enormes galáxias. (Ela se chama assim porque à noite, no céu, ela parece uma mancha de leite).

v Nós vivemos em um braço dela, ou seja, do Hemisfério Sul da Terra podemos olhar para o centro da galáxia.

v Todas as estrelas que podemos ver à noite no céu pertencem à Via-Láctea. Mas elas estão muito distantes. Tão distantes que jamais poderemos visitá-las. Ex- a mais próxima, é a Alfa centauro, a 4,3 anos luz daqui. Isto é, se viajarmos a 300 mil km/s levaremos 4 anos e 3 meses para chegar lá. Isto é tanto tempo que na verdade vemos o que a estrela foi a 4 anos e 3 meses atrás, tempo que a luz levou para chegar até aqui!

v A Via-Láctea é tão grande que seriam necessários 100 mil anos  para que um raio de luz, a 300 mil km/s viajar de um lado a outro da galáxia! O Nosso SOL leva 220 milhões de anos para fazer uma viagem apenas ao redor do centro da galáxia!

- Deus criou o Sol para iluminar nosso planeta, como os demais que há em nosso sistema, solar, porém o nosso Sol é apenas 1 entre outras 500 bilhões de estrelas que há só na Via-Láctea, a nossa galáxia.

v Diante de todos estes dados, chegamos à conclusão que a Terra não passa de um pequeno grão de areia no meio do Universo, e realmente o é.

v Apenas uma leve comparação: o nosso Sol é 1 milhão e 300 mil vezes maior que a Terra. Ele é simplesmente 99 % do que existe em todo o nosso Sistema Solar. Mas ele é infinitamente pequeno se comparado com o todo do Universo, pois há estrelas que chegam a se 1 milhão de vezes maior do que ele! Imaginemos o nosso tamanho?!

- Tanto é assim que, vizinhos a nós estão os outros 8 planetas de nosso sistema. A Terra é um dos menores, mas o único habitado.

- Mesmo tão pequena, a Terra precisou de muita energia para ser formada. O Dr. Haroldo Coffins calculou a energia necessária para formar nosso minúsculo planeta, e chegou à seguinte conclusão: o equivalente à energia liberada pelo Sol em 44 milhões de anos!

Quem fez tudo isto? Quem usou tanto poder?

O tamanho da Terra. Suas dimensões e medidas.

- A Terra tem 12.757 km de raio, e 40 mil km de circunferência.

- Pesa 6 septilhões de toneladas. (6 com 24 zeros).

- Seu dia é de 23 h e 56 m, quando em Vênus é de 243 dias terrenos, Urano 18 horas.

- Seu ano é de 365 dias, Júpiter 12 anos terrenos, Netuno 165 anos.

v Sua atmosfera, onde vivemos. É formada por 5 camadas, que chegam a 1000 km do nível do mar até o espaço sideral. Interessante é que se você dirigisse um carro em direção ao espaço numa velocidade de 50 km/h você cruzaria essa extensão em menos de 1 dia!

A base da Terra- a superfície.

A superfície, embaixo de onde vivemos, é formada por 3 camadas:

v Crosta- de 10 a 70 km de espessura. Onde pisamos.

v Manto- 2.900 km. Camada rochosa, de consistência pastosa.

v Núcleo- 3.400 km. Consistência líquida - de 3.500 graus.

v No passado, durante a Idade Média, as pessoas pensavam que a Terra era quadrada, que no seu centro havia um grande lago de fogo, o inferno, e que todo o planeta era sustentado por 2 elefantes brancos que a carregavam pelo espaço.

Como é que a Terra e os demais planetas ficam vagando pelo ar sem cair no espaço sem fim? Por 2 motivos:

A)   Estão viajando a velocidades incríveis. (É o mesmo princípio usado no vôo dos aviões. Quando eles decolam, usam velocidade máxima, para evitarem quedas).

B)   A força da gravidade que todos possuem atraem e repelem uns aos outros, como enormes imãs, segurando a todos nos espaço sem fim.

Quem sustenta todas estas enormes formas no espaço?

A força do mar, das ondas, seguros pela indefesa praia.

v Mais de 70% da superfície da Terra é coberta por oceanos.

v A luz do Sol chega a apenas 100m de profundidade e em águas muito lamacentas, pode chegar a menos de 1 m. Por isto existe vida nos mares e oceanos da superfície até no máximo 4,5 km.

v As fossas oceânicas são os lugares mais profundos da superfície da Terra. Vão de 6 a 10 mil metros de profundidade. A maior fossa do mundo é a das Marianas, com 11. 034 m. Para se ter uma idéia, o ponto mais alto do planeta, O monte Everest, caberia inteiro dentro dela e ainda sobrariam uns 3 km para ser preenchido.

v Por mais imensos e pesados que sejam os oceanos nunca estão parados. Os ventos locais empurram a superfície do mar em ondas que se quebram na costa, por todo o mundo.

v As marés sobem e descem na praia 2 vezes por dia, seguindo a atração exercida pelo sol e pela lua.

v Incrível, porém, é que, apesar de tão bravias e poderosas, as ondas nunca passam o limite natural sobre elas colocado. Mais incrível ainda é que não há nada visível que faça esta demarcação. Simplesmente, temos que aceitar o fato de que há alguém que as delimitou, e por mais fortes que sejam, não desobedecem estas ordens.

v Um grupo de cientistas analisou este fenômeno e chegou a curiosa conclusão. Em uma bela praia, num dia de sol, as ondas em seu estado normal, com cerca de 1 m de altura batendo numa praia de 2 km, libera cerca de 35 mil HP (cavalos-força). Não tenhamos dúvida que isto representa uma enorme agressão ao continente. Mas ao estudar o processo, descobriram que o mar não acaba com o continente por causa da simples estratégia dos minúsculos grãos de areia. Eles jamais poderia medir forças com as ondas. Mas quando a onda chega, joga água sobre a areia; em fração de segundos, a água faz grudar cada grão de areia tornando-os uma enorme muralha, de tal forma que a força do mar é barrada ali.

v Deus estava querendo dizer para Jó: “Satanás e todo o inferno tem um grande poder. Mas ele não pode fazer absolutamente nada que eu não o permita. Eu coloquei um limite aos enganos dele. Por isto, você não precisa temer por sua vida”.

v O mais incrível de tudo é que os cientistas descobriram que no oceano existe bastante ouro capaz de fazer de cada habitante da terra um milionário. Em cada 2 km e meio cúbicos de água do oceano há ouro avaliado em mais de 110 milhões de dólares. Por que não o buscamos? Extrair todo este ouro do oceano seria tão dispendioso que não compensaria, pois ele está em partículas tão pequenas que quase não se pode detectar com os instrumentos que temos atualmente. Mas ele está lá!

A luz do sol, o dia e a noite.

v O dia e a noite ocorrem devido aos movimentos da Terra ao redor de si mesma, e ao redor do Sol também.

v A Terra gira a 1.600 km/h, conseguindo dar 1 volta em torno de si mesma em 23 h e 56 m.

v Absolutamente nada o homem pode fazer para atrasar, adiantar ou mesmo acontecer os dias. Eles sempre existiram desta forma e sempre existirão assim, sem nunca terem dependido de nós. Mas é incrível que em tantos mil anos, a Terra nunca deixou de ter o seu dia e noite. Nunca falhou!

A luz é talvez o elemento que melhor represente o poder de Deus.

v Deus a colocou no Sol, que a reparte com todo o sistema.

v É tão rápida que, se uma bala de canhão fosse desferida do Sol para terra, levaria 17 anos para chegar aqui. A luz leva 8 minutos.

v Uma ave levaria 3 semanas para dar 1 volta ao redor da Terra. A luz leva o tempo que a ave gasta para bater 1 vez as suas asas.

v Seu poder pode ser visto no relâmpago. Voltagem é a pressão com a qual os elétrons se movem e a amperagem é o número de elétrons que se movem dentro de um fio. 1 ampére significa 6 quintilhões e 242 quatrilhões de elétrons passando num ponto determinado de 1 fio em 1 segundo. Um raio de uma tempestade qualquer pode medir mais do que 100 milhões de volts e 160 mil ampéres.

Quem colocou tanto poder e força na luz?

Os limites do trabalho e influência da luz.

A)   Temperatura.

v A luz influencia diretamente a temperatura na Terra.

v Dependendo de onde você está, A Terra pode ser fria ou quente. A temperatura média em Dallol, Etiópia, é de 34 graus C positivos, e na estação Palteau, Antártida, é de 56 graus C negativos. Por que isto?

v As temperaturas são sempre mais altas perto do equador e onde não há nuvens, porque o calor ao Sol chega facilmente ao chão, que o absorve. E são mais baixas longe do equador porque o calor pode escapar mais facilmente para o espaço nestas regiões.

v A temperatura depende do quanto a superfície é brilhante. Nos pólos, o gelo reflete a luz do sol, enviando-a de volta ao espaço, fazendo a temperatura permanecer baixa. Solos nus e florestas absorvem mais radiação e mantém o calor.

v A temperatura também varia ao redor do mundo devido à forma como os raios do sol atingem a superfície. No equador, os raios solares atingem a Terra em linha reta e, por isto, estas áreas são normalmente mais quentes. Nos pólos, estes raios atingem a Terra em ângulo raso e o calor se espalha.

v O chão é aquecido pela luz do sol. Mas o ar é aquecido pelo calor que sobe do chão. É por isto que é sempre mais frio no alto das montanhas do que no fundo dos vales.

v Temperatura mais alta do mundo: 58 graus C- Deserto do Saara/ mais baixa: Estação Vostok, Antártida- 89 graus C negativo.

v Brasil, cidade com média de temperatura mais baixa- São Joaquim, SC- 13 graus C/ capital com média mais alta- Manaus, AM- 26, 7 graus C.

B) Estações.

v São as conhecidas: primavera, verão, outono, inverno.

v Dependem da inclinação da Terra em relação ao Sol.

v A Terra é como um pião girando ao redor do Sol. Ela se inclina, sempre para o mesmo lado. Quando ela está com um dos lados para o Sol, a inclinação faz com que o Hemisfério Norte fique mais próximo dele. 6 meses mais tarde, é o hemisfério sul que mais se aproxima desta bola de calor.

v No hemisfério inclinado, o Sol sobe alto no céu e os dias são longos e quentes: é o verão. No outro hemisfério, o sol se levanta pouco no céu e os dias são mais frios: é o inverno.

v Perto dos pólos, o Sol não se põe por vários meses durante o verão. Devido à inclinação da Terra, em países como a Finlândia, há luz do dia durante 24 h. Já no outro pólo acontece o contrário: escuridão da noite durante toda a mesma época.

c) Clima.

v Existem 8 climas diferentes na Terra. Eles acontecem por alguns motivos:

v O clima de uma área depende de sua posição na superfície da Terra, pois como já vimos, as terras perto do equador tem clima quente por receberem a luz do sol quase diretamente.

v As correntes marítimas levam calor ao redor do mundo e afetam o clima. Por isto a distância do mar influi no clima de uma região, assim como a sua altitude acima do nível do mar. Quanto mais alto o lugar, mais frio.

v O que Deus estava querendo dizer para Jó? Jó, você não consegue dirigir os fenômenos da natureza, nem mudar o seu curso. Eles aconteciam quando você nasceu e continuarão da mesma forma muito tempo depois de você morrer. Portanto, confie naquele que dirige tudo isto. Eu posso dirigir sua vida da mesma forma como faço com o tempo, as estações e o clima da Terra.

v Talvez a maior prova do poder de deus esteja em um pequeno componente de tudo o que existe: o átomo.

v O átomo é a menor partícula que existe. Ela forma a todos os seres vivos, bem como a todos os demais corpos criados. Tudo é feito por átomos.

v Incrível é a energia que Deus colocou dentro de cada átomo.

v Se pegarmos um pedaço de madeira e nele pusermos fogo, ele liberará uma boa quantidade de energia aquecendo nosso corpo, mas logo esta energia acabará. Mas se pudermos pegar cada átomo desta madeira e abri-lo, sairá uma quantidade monstruosa de energia capaz de aquecer-nos por milhões de anos sem parar. Os cientistas hoje conseguem realizar esta façanha. Chamamos esta operação de Fissão Nuclear, ou seu produto como Energia Atômica. Foi o que ocorreu em Hiroshima em 1945. Um pouquinho de energia atômica liberada destruiu a cidade japonesa inteira!

v A energia atômica de meio litro de água geraria suficiente calor para aquecer 100 milhões de toneladas de água de 0 a 100 graus C, isto é, fazer ferver toda a água de uma represa de 1 mil metros de comprimento, por 1 mil metros de largura, e 100 m de profundidade!

v Apenas 1 xícara de água pode fornecer a mesma potência de uma usina hidrelétrica de 100 mil kilowattas durante 1 ano!

v A energia atômica de um bilhete de passagem de trem é capaz de movimentar um expresso cheio de passageiros por várias viagens ao redor do planeta.

v Quem colocou tanta energia dentro desta pequeníssimas partículas? O nosso grande Deus.

v Aí pergunto eu a você: se Ele teve tanto poder para criar todas as coisas e mantê-las em sua devida ordem, não terá Ele poder para dirigir nossa vida, vencer nossos inimigos, resolver nossos problemas, nos dar forças para continuar a viver? É claro que sim. O que nos falta é confiar!

v Deus dá forças não só para os grandes astros. Ele encheu de poder os pequenos insetos.

v Uma formiga, 4 ou 5 dias depois de decapitada, ainda dá sinais de vida.

v A formiga saúva carrega morro acima, morro abaixo, um grão de milho, que corresponde a 20 vezes o peso do seu corpo, sendo que o homem consegue carregar, apenas a curta distância, apenas 4 vezes o peso do seu corpo.

v Muitos insetos resistem durante longo tempo à asfixia por submersão: há besouros estranhos à vida aquática que só morrem após 96 horas de afogamento completo!

v Existe na África uma mosca que bate as asas 120 vezes por segundo.

v Muito? Pois há outros insetos que chegam a bater as asas 2 mil vezes por minuto!

v Até hoje não se sabe como a mosca doméstica consegue pousar no teto, de cabeça para baixo. É um mistério sem fim.

v O inseto de vôo mais rápido é a libélula. Ela alcança a velocidade de mais de 80 km/h, o que faz de qualquer supersônico um simples “teco-teco” se comparados em sua capacidade pessoal.

v Um minúsculo inseto chamado podura assenta-se sobre molas. Dá saltos de 13 cm. Para o homem igualar esta façanha, teria de dar salto de 90 m!

v Leia comigo I Cor. 10.13.

São João escreveu: Jovens, eu vos escrevi porque sois fortes. I Jo. 2.14.

Qual é o limite do poder de Deus em minha vida? Efé. 3.20.

* O gato que salvou o trem: Duplicando os dólares.

APELO: confie no poder de Deus, e entregue-se a Ele!

Pr. MARCELO AUGUSTO DE CARVALHO.