Feb 10, 2012

Ministrei ontem a palavra de Deus em um culto doméstico ontem 09/02/2012



Ministrei ontem a palavra de Deus em um culto doméstico ontem 09/02/2012
Rm 6:22 Mas agora, libertos do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna. 

Muitas vezes nossos filhos ficam  chateados quando chega a um determinado lugar onde tem uma placa, é proibido correr, é proibido fazer isso aquilo... E muitas pessoas tem o cristianismo como um grupo  de regras e proibições, mais o Deus do cristianismo  em tua infinita graça e misericórdia nos dá instruções para termos uma vida de Sucesso, pois as proibições de Deus são nada mais nada a menos do que instruções, para sermos abençoados, e quando obedecemos a Deus somos abençoados, quando um trabalhador que trabalha em altura reclama de usar o cinto de segurança, as regras daquele setor não são só regras mais condições para ele continuar vivo , e Deus nos dá instruções para não morrermos espiritualmente, através de Jesus somos libertos do pecados aceitando as regras e condições que Ele estabelece para vivermos...

LÍDER VERSUS CHEFE


Font Size Larger Font Smaller Font
 LÍDER VERSUS CHEFE
Com quem você se identifica mais?
 
O líder é seguro; o chefe é inseguro.
O líder não tem inimigos (só os gratuitos); o chefe atrai inimigos.
O líder incentiva; o chefe manda.
O líder vai junto e tem os aliados como companheiros; o chefe é ausente e tira proveito dos subalternos.
O líder não tem ciúme; o chefe compete o tempo todo.
O líder quer promover a causa que ele abraçou; o chefe quer promover-se.
O líder se destaca sem procurar aparecer; o chefe necessita de ser destacado.
O líder não tem medo de perder o cargo que ocupa; o chefe morre de medo.
O líder não se simpatiza com bajuladores; o chefe se cerca de puxa-sacos.
O líder não necessita de quem o promova; o chefe precisa de padrinhos.
O líder confia nas pessoas; o chefe não confia em ninguém.
O líder não ocupa um cargo por causa da remuneração; o chefe faz tudo por dinheiro.
O líder está sempre pronto a ajudar; o chefe está sempre pronto a explorar.
O líder é amado por todos; o chefe é hostilizado pela maioria.
O líder é democrático; o chefe é ditador, autoritário e centralizador.
O líder prima pela integridade; o chefe prima pelas aparências.
O líder cai na graça do povo; o chefe cai na boca do povo.
O líder ama a transparência; o chefe prefere reuniões secretas, em que toma as decisões.
O líder não é hipócrita; o chefe esconde quem ele realmente é.
O líder trabalha com a razão e é sensível; o chefe manipula a emoção, mas é insensível.
O líder, por causa do dom da liderança, as pessoas se aproximam dele; o chefe, pelo contrário: por causa da atitude autoritária e de mando as pessoas se mantém distantes.
O líder trabalha buscando os resultados em favor da causa em que está engajado; o chefe busca resultados que o projete e o promova.
O líder é altruísta; o chefe é egoísta.
O líder questiona e está aberto pra ser questionado; o chefe não quer nem uma coisa, nem outra.(29)
O líder, quando elogia a atuação do liderado, há sinceridade; o chefe, quando elogia, é hipócrita e o faz para se promover às custas da atuação do outro.
O líder não se simpatiza muito com a hierarquia, por ser democrata; o chefe a prefere, principalmente se ele estiver no topo da pirâmide.
O líder distribui tarefas; o chefe quer fazer tudo sozinho.
O líder prefere trabalhar com auxiliares inteligentes; o chefe procura evitá-los.
O líder é um técnico de futebol sensato e amado pela equipe; o chefe é o jogador que quer cobrar o escanteio, cabecear e fazer o gol.

O POTE RACHADO


alt O POTE RACHADO 

E-mailImprimir
Font Size Larger Font Smaller Font

Conta-se a história de um trabalhador pobre que ganhava a vida transportando água para os seus vizinhos. Para isto ele usava dois potes, que pendurava nas pontas de uma vara. Um dos potes , contudo, tinha uma pequena rachadura, de maneira que quando o carregador chegava ao lugar onde devia entregar a água, uma grande parte dela se perdera pelo caminho.

Isto durou muito tempo, até que, um dia, o pote rachado ficou tão envergonhado por perder tanta água, que falou ao seu dono: “Sinto-me tão incompetente e tão incapaz por perder tanta água. Estou frustrado e humilhado por não ser como o outro pote e prestar a você um serviço completo. Sempre que você chega ao destino só consigo fornecer metade da água que tinha ao começar a viagem. Sinto-me tão inútil!”.

Ao ouvir estas palavras, o carregador de água disse ao pote rachado: “Infelizmente você tem estado tão preocupado em reter a água, lutando contra o problema da rachadura, que não tem reparado numa coisa maravilhosa que aconteceu durante todo este tempo. Mas venha, que eu lhe mostrarei”.

O carregador de água foi com o pote até a fonte onde apanhava água diariamente, e começou a percorrer lentamente o caminho que fazia todos os dias, mostrando-lhe as belíssimas flores que ficavam à margem do caminho. Finalmente disse-lhe: “Está vendo estas flores? Elas são regadas várias vezes ao dia pela água que vasa da sua rachadura, por isso estão tão bonitas! Se não fosse essa rachadura, não haveria flores à beira da estrada, a alegrar a vida dos que passam por aqui.”

Às vezes gastamos toda a nossa energia em verificar nossas deficiências e tentar superá-las. Por fim sentimo-nos frustrados e inúteis ao nos compararmos com outras pessoas que parecem ser muito mais bem sucedidas. E tão ocupados ficamos em tais esforços e pensamentos que esquecemos de reparar aquilo que está acontecendo em torno de nós: o fruto, às vezes inesperado, do nosso trabalho “limitado”; a alegria de Deus e dos nossos semelhantes pelo nosso esforço. Se você acha que é um pote rachado, repare nas margens do caminho!

SÓ PARA FAZER NÚMERO (Amantino Adorno Vassão)


SÓ PARA FAZER NÚMERO (Amantino Adorno Vassão)

E-mailImprimir
Font Size Larger Font Smaller Font
alt

Assentado ao lado do cocheiro, o passageiro observava os quatro cavalos que puxavam o carro e, notando que um deles não fazia nenhuma força, comentou:
— Aquele cavalo não está ajudando os outros.
— Eu sei — respondeu o cocheiro.
— Mas preciso conservá-lo porque este é um carro puxado a quatro cavalos e ele é um dos quatro.

(Extraído de VASSÃO, Amantino Adorno. Esteiras de Luz. Rio de Janeiro: Juerp, 1971.)

Itens Relacionados:

Uma lição de fé (Maria Ignez Menegatte)


Uma lição de fé (Maria Ignez Menegatte)

E-mailImprimir
Font Size Larger Font Smaller Font
Era uma sexta-feira, final de tarde, e a pequena Maria aguardava com ansiedade sua mãe chegar do trabalho. Ela ainda trajava o uniforme da creche quando ouviu o barulho da chave, era alguém abrindo a porta da sala. Então a pequena gritou:  a mamãe chegou!
Todos os dias, quando chegava do trabalho a mãe de Maria passava um tempo brincando com ela. Mas, naquele dia a sessão de brincadeiras não aconteceria. Joana,  a mãe daquela menininha estava exausta e ainda havia pego um resfriado. Maria insistia, mãe, vamos brincar! Não, querida, responde a mãe: hoje a mamãe não está bem,  está resfriada e com muita dor de cabeça e em seguida, jogou-se no sofá da sala.
Maria pôs as duas mãozinhas no queixo e disse, eu posso orar por você. Sim, claro, responde Joana e assim ela orou: papai do Céu, sara a mamãe e virando-se para Joana disse: pronto, já sarou, vamos brincar!
Joana não se conteve, por um minuto esqueceu a dor de cabeça e o cansaço, sorriu e disse: quem me dera ter a sua fé, Maria! Bem falou Jesus:  “em verdade vos digo que, quem não receber o reino de Deus como uma criança, de modo algum entrará nele” (Lc 18.17).

AMADOS JOVENS...


AMADOS JOVENS...


Amados jovens, a prosperidade ministerial verdadeira é resultado da fidelidade a Deus. Não negocie os valores eternos para "subir" ministerialmente.

Amados jovens, preguem a Palavra e dependam do Espírito, pois o resto é mera performance artística.

Amados jovens, na estrada da trajetória ministerial rejeite as oportunidades de pegar atalhos. Isso contará a vosso favor no futuro.

Amados jovens, quando vocês começarem a ocupar lugares de destaque e influência como pastores, alguns políticos corruptos vão tentar vos seduzir. Cuidado! Não se vendam.

Amados jovens, nunca se deixem vencer pela ganância no ministério. Aprendam e vivam a virtude do contentamento.

Amados jovens, não corram atrás da fama. Se Deus determinou que tornará vossos nomes conhecidos ela correrá naturalmente adiante de vós.

Amados jovens, não se envaideçam com o sucesso ministerial. Importa que Ele cresça e que vocês diminuam.

Amados jovens, não se iludam, a próxima tentação envolvendo poder, dinheiro e sexo será bem mais forte. Orem e vigiem sempre.

Amados jovens, os bons resultados quantitativos nos trabalhos realizados nem sempre representam a aprovação de Deus da vossa conduta ética e moral. Valorizem a qualidade do trabalho e a integridade do viver.

Amados jovens, sejam obreiros pensantes, e não meros reprodutores de ideias, conceitos e práticas. A convicção doutrinária e a atividade contextualizada são filhas da criticidade.

Amados jovens, imitem os vosso líderes na mesma medida em que eles forem cumpridores da Palavra.

Amados jovens, fiquem firmes e não se deixem levar pelos ventos de doutrina e modismos teológicos. Retenham e ensinem a sã doutrina.

Amados jovens, os vossos objetivos acadêmicos e profissionais devem ser colocados diante de Deus e consagrados a Ele. Coloque-os a disposição do Reino de Deus.

Amados jovens, uma vida de oração, longe de qualquer tipo de exibicionismo pseudo espiritual, deve ser vivida, antes de tudo, no vosso lugar secreto.

Amados jovens, sejam cheios do conhecimento da Palavra na mesma proporção em que forem cheios do Espírito. Saber e poder combinam.

Amados jovens, não se fascinem e nem se envolvam em disputas por cargos eclesiásticos desassociadas dos princípios bíblicos. Entendam que os lugares no Reino de Deus já foram determinados por Ele. Apenas descubram os seus, e deixem que o Senhor trabalhe por vocês.

Amados jovens, tratem os obreiros mais velhos como vocês desejam ser tratados na velhice. Não se esqueçam que o tempo passa para todos.

Feb 8, 2012

SOBRE MIM





Servo do Senhor Jesus, casado e pai de um filho,  esposa chama: Érica , filho Érik, pertence a  Igreja Tabernáculo de Jesus Nova Jerusalém, em Barra Mansa RJ,  ocupação na Igreja  Pastor;  Pastor da Igreja Nova Jerusalém no Bairro chamado  Padre Josimo em Volta Redonda e Em Barra do Piraí, Crê Na Trindade Divina, Batismo nas águas por imersão, batismo no ESPIRITO SANTO e com fogo, nos dons Espirituais, em milagres e curas divinas.
Deus tem usado o Pastor Rodrigo Machado profundamente para ganhar almas para o teu Reino, resgatar vidas, para ministrar curas e libertações, através de suas pregações vidas tem Sido alcançadas, em tuas ministrações muitas pessoas tem sido curadas de todos tipos de enfermidades, através de um um dom sobrenatural onde pessoas são arrebatadas e tocadas de uma experiência única em vossas vidas, Seja você também abençoado através deste ministério.