Jun 27, 2012

O Padrão do Discipulado


O Padrão do
Discipulado

Romanos 8:29; Lucas 14:25-33 

- O propósito eterno de Deus é ter uma família numerosa, com muitos filhos iguais a Jesus. 

- Em João 1:14 , Jesus é apresentado como Unigênito... 

- em Romanos 8:29, Ele é apresentado como Primogênito... 

- Qualquer pessoa hoje pode se tornar um filho de Deus, pela cruz de Cristo Jesus. 

1. O Propósito de Deus. 

a) O propósito de Deus é ter muitos filhos (iguais) idênticos a Jesus. Ele é o padrão. 

b) Para alcançar esse propósito Ele fez um projeto: os ministérios devem edificar a igreja... (Efésios 4:11-14) 

c) Deus estabeleceu um modelo: os filhos devem ser como Jesus. (I João 2:6) 

d) Deus estabeleceu um método definido: Discipulado um a um. 

2. O Projeto de Deus. 

a) A intenção de Deus é formar as vidas. Formar significa dar forma a uma matéria ainda informe... 

b) Nosso objetivo é levar a igreja a ser parecida com Jesus... (II Cor. 3:18) 

c) Todo projeto é caracterizado por um executor e por uma planta... Na obra de Deus é Ele quem levanta os construtores, e é também Ele quem mostra a planta. 

3. O Modelo de Deus. (I Pedro 2:21) 

a) É preciso conhecer o modelo de Deus profundamente. O modelo de Deus é o Senhor Jesus Cristo. (João 13:13-17) 

b) É preciso ter experiência prática com Jesus, contato pessoal. (I João 2:6) 

c) Seguir os passos de Jesus. (I Pedro 2:21) 

d) Jesus é nosso padrão. (João 13:13-17) 

e) Está crucificado com Cristo. (Gálatas 2:20) 

4. O Método de Deus. 

a) Discipulado é passar vida, a vida de Cristo. 

b) Mesmo que o padrão do discipulado seja Jesus, esse padrão deve ser visto na vida do discipulador . 

EX. Paulo imitava a Jesus. (I Cor. 4:16; 11:1; Fil. 3:17 e I Tes. 1:6) 

c) O método de Deus é o discipulado como Jesus fez – Transmitir vida. 

5. Aprendendo a Ser Discípulo. 

a) Aprender a ser submisso. (Hebreus 5:8). 

Ex. Jesus era submisso a seus pais. (Lucas 2:41-51) 

b) Ter um coração ensinavel. Mesmo que a outra pessoa saiba menos... 

Ex. Jesus sendo batizado por João Batista. 

c) Não agir no entendimento e esforço próprio. 

Ex. fazia somente o que Deus queria. (João 5:19,30; 8:28). Não havia lugar para o “eu acho” ou “eu penso” 

d) Abrir mão do amor próprio. 

Ex. Jesus “...quem amar a sua vida perdê-la-á” (Lc 9:24, Mc 8:35) 

e) Rejeitar a glória humana. 

Ex. Jesus poderia ter sido coroado como rei de Israel. (Jo. 12:12-28) mas Ele preferiu a vergonha da cruz porque esta era a vontade de Deus. 

f) Completa obediência. 

Ex. Jesus obedeceu em tudo. (Mt 26:36-46) 

g) O Espírito de servo. (Mt. 20:28; Marcos 10:45). “O Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir...” 

- Discipulado diz respeito a relacionamentos, minha vontade e a questão dos bens, em tudo isso Jesus requer renuncia – Cruz. 

- Renuncia é morte, e sem a morte o cristianismo perde o sentido. 

- Não existe cristianismo sem cruz. Existe apenas religião. O padrão principal é JESUS do princípio ao fim.