Sep 21, 2012

O Tempo perfeito de Deus


Introdução


Você já pensou que as coisas não acontecem na hora que você mais quer, mais precisa? Talvez a sua frustração se volte para Deus. Então você pergunta por que é que Ele não atende as suas orações no tempo certo... certo para você. Em 1Pedro 5.6-10 encontramos respostas que nos animam a continuar esperando “o tempo perfeito de Deus”.
Portanto, humilhem-se debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele os exalte no tempo devido.
Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês.
Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar.
Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé, sabendo que os irmãos que vocês têm em todo o mundo estão passando pelos mesmos sofrimentos.
O Deus de toda a graça, que os chamou para a sua glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido durante pouco de tempo, os restaurará, os confirmará, lhes dará forças e os porá sobre firmes alicerces 
1 Pedro 5:6-10

Algumas lições ficam muito claras neste trecho da Palavra:
* A falta de humildade diante de Deus causa falta de confiança.
Veja o que Pedro disse: “humilhem-se debaixo da poderosa mão de Deus, para que ele os exalte no tempo devido”. Primeiro é preciso se humilhar e lembrar que a mão de Deus é poderosa. Segundo, a nossa exaltação (no sentido de restauração, socorro) vira no tempo devido. Em alguma traduções no lugar de “tempo devido” está “a Seu tempo”, ou seja, o tempo de Deus.
Pergunta: Com que atitudes podemos demonstrar falta de humildade diante de Deus?

* A falta de confiança no tempo de Deus causa ansiedade.
No mesmo texto Pedro diz: “Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês”. Um sintoma de que não estamos aceitando o tempo de Deus é a ansiedade. A ansiedade é não acreditar de que Ele está cuidando de nós.
Pergunta: Você já achou que Deus não estava ouvindo suas orações mas, por fim, o desfecho da situação mostrou que Ele esteve o tempo todo cuidando de você?

* Os problemas que passamos não são demonstração de falta de atenção de Deus.
Note que a Palavra aqui não afirma que Deus tirará de nós os problemas. Pedro afirma que tem mais irmãos sofrendo coisas parecidas no mundo todo. Então qual é a vantagem do crente? É saber que Deus está no controle e que, no tempo certo, o seu tempo perfeito, Ele agirá.
Pergunta: Você se lembra de algum personagem bíblico que tenha questionado a atenção de Deus ao seu clamor? Você se lembra do que aconteceu depois?

* Esta vida não é a apresentação, mas apenas o ensaio!
O texto ainda faz a maravilhosa afirmação: “O Deus de toda a graça, que os chamou para a sua glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido durante pouco de tempo, os restaurará...”. Temos a tendência de acreditar que o que estamos passando aqui neste mundo é o nosso destino. Quando as coisas não acontecem aqui, acreditamos que tudo foi em vão, que não teremos oportunidade de sermos felizes no futuro. Acontece que esta vida é o preâmbulo da vida eterna na presença de Deus. Os problemas que passamos são parte do ensaio, do treinamento. Um dia iremos nos levantar.

O versiculo 10 diz: “O Deus de toda a graça, que os chamou para a sua glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido durante pouco de tempo, os restaurará, os confirmará, lhes dará forças e os porá sobre firmes alicerces”.

Então, o que aprendemos sobre o tempo perfeito de Deus?

1. No tempo perfeito de Deus haverá restauração.
Quando a Bíblia diz que o Senhor nos restaurará isso pode significar muitas coisas. Ele restaurará a sua confiança, o seu lar, a sua saúde; se for de acordo com a vontade d'Ele, nada é impossível.

2. No tempo perfeito de Deus haverá confirmação.
Eu entendo que esta declaração tem a ver com a nossa confiança de que o que Ele fizer é permanente, desde que andemos em seus caminhos. Nosso Deus é estável e Ele nos estabiliza, nos coloca sobre terreno firme.

3. No tempo perfeito de Deus haverá fortalecimento.
Ele restaura, confirma e agora fortalece. Sem a força que vem de Deus não somos nada. Essa força é necessária para resistir ao Diabo, que anda como leão buscando a quem possa devorar.

4. No tempo perfeito de Deus haverá edificação.
A pergunta mais acertada a se fazer é “o que Deus quer fazer da minha vida?”; “o que Ele quer construir?”. Não importa o que será feito na sua vida, qual será a construção, mas sem um alicerce firme nada ficará em pé. Ele é o firme alicerce no qual a sua vida, no tempo certo, será edificada.

Conclusão
O salmista coloca muito bem como nós devemos nos sentir diante de Deus, em meio às frustrações da vida: “Coloquei toda minha esperança no Senhor; ele se inclinou para mim e ouviu o meu grito de socorro. Ele me tirou de um poço de destruição, de um atoleiro de lama; pôs os meus pés sobre uma rocha e firmou-me num local seguro”(Salmo 40:1-2).
Que você se humilhe debaixo da poderosa mão de deus, lance sobre Ele toda a sua ansiedade, porque no Seu perfeito tempo Ele fará o que precisa ser feito na sua vida. Amém!

Davi Liepkan, pastor na Igreja Batista Central de Nova Odessa

Faça por merecer


Texto: Mateus 26:36-53

 

Introdução

Texto: momento crucial no ministério de Jesus (Ele veio para esta hora: Jo 12:27)
"Fiel é a palavra e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal." (1 Timóteo 1:15 RA)
"Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores." (Romanos 5:8 RA)
Jesus morreu por você...Em 2Ts 1:5 o apóstolo Paulo declara que temos que ser achados por dignos da salvação.
- Você tem se tornado digno da salvação?
Tornamos-nos dignos da salvação quando fazemos por merecer o sacrifício do Senhor Jesus por nós

Faça por merecer tomando três atitudes:

 

I - Tendo gratidão

- Lembre-se que Jesus não tinha obrigação de morrer por nós (v. 53), mas ele decidiu não desistiu de você. Que a convicção deste fato venha gerar gratidão em seu coração.
- A parábola dos dez leprosos [Lc 17:12-19]
Dez foram curados, mas apenas um foi salvo: aquele que foi demonstrou gratidão.

 

II - Buscando aproximação. Lucas 7:36-50

- Jesus aproveitou este fato para mostrar que aquela mulher se aproximou mais dele por que reconhecia-o como seu Salvador.
- Quanto mais temos consciência do que o Senhor fez por nós, mais ainda nos aproximamos dEle.

- A que distância você está de Jesus?

 

III - Dando retribuição

Podemos retribuir ao Senhor de três maneiras:
1ª) Retribua tratando bem os homens de Deus
"Em verdade, em verdade vos digo: quem recebe aquele que eu enviar, a mim me recebe..." (João 13:20)
"Quem recebe um profeta, no caráter de profeta, receberá o galardão de profeta; quem recebe um justo, no caráter de justo, receberá o galardão de justo."(Mateus 10:41)
"Agora, vos rogamos, irmãos, que acateis com apreço os que trabalham entre vós e os que vos presidem no Senhor e vos admoestam; e que os tenhais com amor em máxima consideração, por causa do trabalho que realizam." (1 Ts 5:12-13 RA)
- Como você tem tratado os homens de Deus?
2ª) Retribua ajudando aos mais carentes
Leia Mt 25:31...
Retribua ao Senhor acudindo aos necessitados. Lembre-se que, na sua vinda, o Senhor Jesus dirá: "foi a mim que fizestes."- Que bem você tem feito pelo próximo?
3ª) Retribua dando continuidade a obra do Senhor
"Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e nós devemos dar nossa vida pelos irmãos." (1 João 3:16)
"Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou." (2 Coríntios 5:14-15 RA)
- Por quem você tem vivido?

 

Conclusão

Nada fizemos para merecer a salvação mas, agora que estamos salvos, façamos por merecer a vida eterna com o Salvador.

O PLANO DA SALVAÇÃO É MAIS ANTIGO QUE O MUNDO


O PLANO DA SALVAÇÃO 
É MAIS ANTIGO QUE 
O MUNDO 



INTRODUÇÃO: 

Texto bíblico principal: I Pedro 1:18-21 

1. A origem do plano da salvação: O plano de salvação não foi elaborado por Deus no momento em que surgiu o pecado no mundo. A Bíblia diz que antes de criar o mundo Deus havia criado o plano da salvação. 

2. O motivo do plano da salvação: A salvação resulta do amor de Deus e não do pecado humano. O plano de salvação revela o caráter amoroso de Deus, não um desespero ou uma emergência diante de uma tragédia imprevista. 

3. A revelação do plano da salvação: O plano de salvação do pecador foi o remédio elaborado na eternidade, predito por Deus na história e efetivado no fim dos tempos, na vida, morte e ressurreição de Jesus. 

 I. O REMÉDIO PARA O PECADO FOI PROVIDENCIADO ANTES MESMO QUE ELE ARRUINASSE A VIDA HUMANA – I Pedro 1:18-20 

1. Antes de existir morte no mundo, o assunto da morte já havia sido tratado no Céu. 

2. Antes dos pecadores sofrerem as consequências dos seus pecados Jesus já havia providenciado a solução para elas. 

3. Antes da criação do ser humano, Deus já tinha cuidado de tudo, até mesmo se ele viesse a desobedecer. 

 II. O REMÉDIO PARA O PECADOR FOI PROJETADO ANTES DO SER HUMANO CAIR EM PECADO 
– I Pedro 1:19-20 

1. Antes de Deus criar o mundo Ele elaborou o plano de salvação. 

2. Antes da fundação do mundo Jesus já era conhecido como o Cordeiro sem defeito e sem mácula, que derramaria seu sangue pelo ser humano, caso caísse em pecado. 

3. Antes da criação do mundo e do ser humano cair em pecado, o Messias já era conhecido no Céu como Aquele que assumiria a desgraça causada pela humanidade. 

 III. O REMEDIO PARA O PECADO FOI PREVISTO NA ETERNIDADE, MAS DESVENDADO CERCA DE 4.000 ANOS DEPOIS –I Pedro 1:20-21 

1. Assim que Adão e Eva pecaram Deus matou um cordeiro para revesti-los de pele (Gênesis 3:21); isso apontava para o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (João 1:29). 

2. Assim que Adão e Eva pecaram tiveram uma conversa com Deus, o qual logo revelou o plano (Gênesis 3:15). Esse plano foi-se revelando no decorrer da história por meio de altares de sacrifícios, tabernáculo/santuário, templo... até chegar no alto do monte Calvário! 

3. Embora Deus não tenha sido pego de surpresa quando Adão e Eva pecaram, a solução de Deus manifestou-se no fim dos tempos, cerca de 4.000 anos depois do pecado, mais ou menos 2.000 anos atrás. 

 CONCLUSÃO: 

1. O plano da salvação existia bem antes da fundação do mundo: O plano de Jesus tornar-se Messias, Redentor foi projetado antes de ser estabelecido os fundamentos da terra, pois o propósito de salvar remonta a tempos anteriores à criação do mundo. Na cruz, o projeto originado na eternidade se tornou um fato histórico. 

2. O plano da salvação era conhecido antes da queda humana no pecado: A missão de salvar sempre foi o eterno propósito da Trindade, mesmo que ainda não tivesse ninguém para salvar. Desta forma, antes da existência do pecado no mundo, o plano para resolver o problema do pecado já existia, mas concretizou-se em Jesus na cruz e Sua ressurreição. 

3. O plano da salvação manifestou-se plenamente no fim dos tempos: A estratégia de redimir o pecador vem antes de criar o homem, mostrando assim que Deus já era Redentor quando atuava como Criador; portanto, o que foi decidido na eternidade manifestou-se num ponto de nossa história, no primeiro século da era cristã, no topo do Monte Calvário. 

 APELO: 

1. Deixe Deus te resgatar de vosso fútil procedimento, foi para isso que Jesus morreu. 
2. Confie tua vida a Jesus, Ele te ama! 
3. Espere somente em Jesus, Ele te salva! 



 AUTOR E FONTE: Pr. Heber Toth Armí / http://portal-biblico.blogspot.com.br/search/label/SERM%C3%83O%20EXPOSITIVO