RADIO TAJENOJE

Dec 19, 2013

BRUNA KARLA CRITICA FESTIVAL PROMESSAS





O mundo evangélico está a um passo de desmoronar. Após se transformar em uma lucrativa indústria de música para pessoas que protestam contra o catolicismo e cantores, pastores e missionários ganharem fortunas, a discórdia começa a aparecer no meio. Desta feita, a TV Globo de olho nos negócios e principalmente adentrar nesse mundo evangélico, aproveitando gente que está mais preocupado com a carreira do que com o próprio evangélico, criou um festival que reúne nomes bem conhecidos do público em questão.Porém, o projeto tem dado o que falar nas mídias sociais. 

O mais influente da atualidade, Pr. Silas Malafaia parabenizou a cantora Bruna Karla por supostamente ter criticado o projeto da emissora. A Globo cobrou cerca R$ 200 milhões para transmitir o DVD "Festival Promessa" após temperatura máxima. O evento na Globo teria a finalidade de divulgar e vender o DVD do evento.

A cantora Bruna Karla que participa do evento postou e depois retirou a pedido da gravadora "Não precisaríamos nos humilhar e pagar esse valor a emissora que geralmente trabalha na contra mão dos cristãos, não preciso da globo pra evangelizar".

Vários cantores, em clara falta de comprometimento com a obra missionária  postaram que seria uma maneira de evangelizar. Na verdade é uma maneira de ganhar dinheiro usando a palavra e grande parte de pessoas que são ludibriadas pelo emocional. 

Talles Roberto: "O festival promessa é para evangelizar"

Fernanda Brum: "Estamos invadindo o terreno inimigo"

Imediatamente o pastor Silas Malafaia postou defendendo a cantora Bruna Karla e dando parabéns. Malafaia disse que quer distancia do programa neste domingo. Malafaia completa "Invadir do terreno do inimigo e aliar-se com ele é diferente de invadir e combate-lo".

Enfim, a Globo está sendo palco de conflitos entre cantores gospel.

Nov 21, 2013

CONTRA A IDOLATRIA GOSPEL, RODOLFO ABRANTES SOLTA UMA “BOMBA” DENTRO DA LAGOINHA


rodolfo
Seria uma voz clamando num deserto? Ou uma lagoa da fantasia sendo impactada pela força da verdade? Não sei. Mas o que podemos dizer é que Rodolfo Abrantes chocou na Lagoinha!
Em um culto da ConfraJovem que foi realizado no fim de julho de 2013 o cantor (ex-Raimundos) soltou uma bomba no altar da idolatria Gospel:
“Existe uma cultura idólatra dentro da igreja cristã brasileira e precisa ser arrancada deste lugar. Nós não temos um Papa. Nós só adoramos a Jesus, mas todas as vezes que você idolatra um servo ou uma serva de Deus que sobe num altar você tá declarando que Jesus tá em segundo lugar. É preciso arrancar isso dentro do teu coração. Eu quero levantar um clamor pelo fim da cultura gospel, pelo fim dos artistas gospel, pelo fim do mercado gospel, pelo fim dos fãs gospel”, disse Rodolfo.
Diante do que vimos e ouvimos não dá pra saber se ele terá a oportunidade de voltar à Lagoinha , contudo, roguemos por dias melhores. Que a igreja evangélica brasileira possa reconhecer que uma Reforma precisa ser feita urgentemente dentro dela!
***
Misael do AC.

“DEUS” CORRE ATRÁS, OFERECE PROMESSA ARQUIVADA, LEVA PORTA NA CARA E CHORA, COMO ASSIM THALLES?



Thalles-Roberto-4


Volta e meia Thalles Roberto aparece nas minhas postagens. Já tava demorando… Sei que muitos até duvidam, mas, eu o ouço e gosto de algumas de suas canções – ouvi-lo cantar clássicos das músicas cristãs no álbum Raízes (2010) não tem igual – o problema é que por estar onde está, talvez por ter sido mal discipulado, ele acaba por merecer algumas considerações.
No último post sobre sobre ele escrevi que se ‘ele apenas cantasse seria menos pior’. Minha sugestão abordou sobre suas equivocadas declarações feitas em pregações, testemunhos e entrevistas, a respeito do evangelho: “Se fosse um deslize, uma frase mal colocada, uma expressão infeliz, até que dava pra relevar, mas… não. Não é tão simples assim”, escrevi.
O que tem me chamado atenção agora é o recente vídeo lançado pela Graça Music “Filho Meu” cujo Thalles fala na primeira pessoa demonstrando uma tentativa do próprio Deus de se relacionar com um suposto FILHO, porém ainda não convertido.
Não julgo a intenção da música, pode até ter sido boa, mas, sinceramente tanto ela quanto o vídeo foram (para mim) de uma péssima fundamentação teológica, pobreza musical e de uma desqualificação da soberania e onipotência de “Deus” nunca vista antes.
Comentando a letra:
“Filho meu
Ta fugindo de mim, é?
Ja tentei, procurei e outra vez
Você me rejeitou, porta na cara doeu…”
1) A Palavra nos ensina que é Deus quem realiza tanto querer quanto o efetuar na vida de todos nós. (Fp 2.13). Charles Spurgeon bem disse que a Graça de Deus não viola a vontade humana, mas triunfa docemente sobre ela. Sinceramente não consigo compreender esse “Deus” da canção que tanto PROCURA,TENTA e não consegue realizar sua vontade, e além disso ainda leva porta na cara e sente a dor pela rejeição.
“ Filho meu
Ta correndo de mim, é?
Ontem eu me lembrei
De uma antiga oração
Que você fez no monte
Lembra filho? Eu chorei!”
2) Não dá pra encontrar nas Escrituras um “Deus” que tem esporádicas lembranças de orações e se põe a chorar porque se sente rejeitado por alguém. Esquizofrenia e complexo de inferioridade, não dá né?
“Eu acho que paguei
Um preço alto demais
Eu tenho tantas coisas
Pra viver com você
Promessas e promessas
Arquivadas te esperando, filho!”
3) Este trecho acima é um retrato do que ultimamente tem ocorrido com muitas das canções evangélicas: a centralidade no homem. A infelicidade do Thalles foi tanta que se prestarmos bem atenção, as palavras compostas por ele montam a ideia de um “Deus” que se humilha e tenta reatar o relacionamento a partir de uma barganha: oferece coisas boas para viver, “Promessas e Promessa” para que o pecador se volte para Ele. Note que em nenhum momento há o convite ao arrependimento, nem a verdade cristã que o caminho de Deus não é um “mar de rosas”!
(Uma pergunta ainda fica no ar: “Deus arquiva promessas”? #CUMÉISSO?)
“Você ta dirigindo cego
Em alta velocidade
Daqui de cima eu vejo
A pancada que vem
Então passa sua vida pro meu
Nome que eu assumo tudo
Tudo, tudo, tudo”
4) Afinal, esse FILHO da canção é convertido ou convencido? Note, nas estrofes acima “Deus” se refere a um filho, tanto é que o chama assim. Agora me parece que ele ainda não é, já que acima “Deus” diz: “passa sua vida pro meu nome”, deixando a entender que ainda não há filiação entre ele e o personagem FILHO. Veja a próxima estrofe:
“Faz o seguinte, oh
Levante a mão agora
E me aceita
Como o seu salvador
Depois me abraça
E a gente vence
Junto essa parada”
Acima, “Deus” faz um apelo ao personagem e definitivamente revela que ele não era FILHO como mencionou as duas primeiras estrofes; além do mais, este convite de “Deus” não traz a consciência de pecado e a condição de arrependimento, do contrário, ratifica que é um convite a vitória e ao deleite das promessas “arquivadas”.
Quanta irrelevância e confusão para uma só canção.
Lamento dizer. Senti pena desse “Deus” da canção. Um “Deus” que implora, oferece promessa arquivada, leva porta na cara e sente dor na rejeição.
A Palavra diz que Cristo morreu pelos Seus, viu o fruto penoso do seu trabalho e ficou SATISFEITO (Isaías 53:10-11). Deus NÃO está implorando por ninguém. É o próprio Deus quem chama, traz e abre a porta. As Suas ovelhas ouvem a Sua voz e o seguem, e ninguém as arrebatará das mãos dEle (Jo 10.27-28).
P.S.: Sem falar que a música (pra mim) é uma das piores que ouvi no meio Gospel.
***
Arte de Chocar

Pastor interrompe Talles Roberto em plena apresentação – Show ou um culto?


O vídeo, um tanto quanto vexatório, apresenta uma série de questões a serem debatidas entre nós, cristãos, relacionados a, por exemplo, música, adoração, culto, show, reverência, idolatria, etc., e que ficam abertas para nossa reflexão – será que estamos no caminho certo quando lidamos com estes conceitos na Igreja Evangélica Brasileira?
Todos que conhecem o Thalles sabem de sua performance de palco, outros mais informados têm noção da tradição litúrgica das denominações pentecostais tradicionas. No entanto… os tempos mudaram, e o vídeo mostra esse conflito!
Se ir na Disney e não ver o Mickey é um “pecado”, estar num show do Thalles, mesmo dentro da igreja, e não dar pelo menos um pulinho seria um despautério. Ou não?
Assistam e tomem suas conclusões.
***

E aí, o que você acha? Deixe o seu comentário!

Nov 16, 2013

Astro ou adorador!

O “astro gospel” se posta como uma celebridade cheia de exigências: toalhas caríssimas, bons camarins, transportes sofisticados, hospedagens em hotéis de luxo, entrevista com hora pré-marcada e muita privacidade.
O “astro gospel” para justificar sua fama, exige uma forte equipe de seguranças que o protege de frenéticos fãs que se auto declaram adoradores (extravagantes).
O “astro gospel” evita se apresentar em locais pequenos, igrejas, praças, escolas – quanto menor for o público, menor a notoriedade, e para se esquivar desse incômodo, cobram um alto cachê pra espantar rapidamente a negociação de pouca expressão.
Para o “astro gospel”, tocar de graça nem pensar! Mas há exceções, uma apresentação no Raul Gil, Faustão, Gugu, dá pra fazer sem cachê ou até pagar, pois cai bem para o marketing.
Contratar o show de um “astro gospel” sempre custa caro pois visa cobrir as cláusulas contratuais e engordar a poupança do “letiva” do Senhor.
O “astro gospel” também costuma se vestir de uma capa de marketagem que vai de tratamentos de pele a novos hábitos no falar e no vestir, e tudo isso porque agora ele não mais se pertence, ele é um produto de investimento.
O “astro gospel” geralmente grava canções compradas, professa testemunhos duvidosos e sem autonomia alguma, por estratégia de mercado, sempre se adapta como camaleão ao modismo do momento.
Se há uma coisa boa para o “astro gospel”, com certeza é viajar pelo país fazendo shows, só assim convertem o trabalho num turismo e suvenir frequente; esses shows estão mais comprometidos com o lucro do investimento do que com as almas alcançadas.
O “astro gospel” é uma figura de difícil acesso. Pra se chegar a ele é preciso fazer sacrifícios tipo: ir à porta do camarim e esperar longas na esperança de que ele(a) tenha um surto de simpatia, apareça e conceda, quem sabe, um autógrafo.
“Astro gospel” olha e vê a massa, não a pessoa. Ele domestica consumidores, desconstrói adoradores.
O “astro gospel” não está comprometido com a saúde espiritual dos seus seguidores. Ele canta o que o povo quer ouvir, não o que precisa ouvir, além disso passa distante de ser um formador de opinião.
“Astro gospel” não tem posicionamento teológico sobre o que crê. Muitas vezes não sabe nem o que canta, e entende mais de jargões do que de Bíblia.
“Astro gospel” se parece mais com “astro global” do que com os “heróis da fé”. Ostentam e almejam as mesmas coisa que as celebridades seculares sob a desculpa de que querem ganhar o Brasil para Cristo.
Pois bem. Quando você se encontrar com um desses “astros” e notar que existe nele boa parte desse dossiê, não duvide, as aparências não enganam! Ele é isso mesmo que você vê!
Chega de tanta mentira no meio dessa música gospel!

Se Jesus estivesse aqui na terra o que ele pensaria destes cantores ridículos!

Nov 14, 2013

APRENDENDO COM A ORAÇÃO DE JABEZ





Texto Bíblico:1 Crônicas 4.10 Porque Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Se me abençoares muitíssimo, e meus termos ampliares, e a tua mão for comigo, e fizeres que do mal não seja afligido! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido.



1. BUSQUE BENÇÃOS COM SABEDORIA

Deus sabe o que é melhor para nós - Provérbios 10:22 A bênção do SENHOR enriquece, e, com ela, ele não traz desgosto.

A bondade de Deus não tem limites - Mateus 7:7 Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á.

2. PEÇA A EXTENÇÃO DE BENEFÍCIOS

Não nascemos para ser só o que somos – Efésios 3:20 Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que  em nós,

Temos que nos dar mais para o Senhor – Salmos 116.12 Que darei eu ao SENHOR, por todos os benefícios que me tem feito?

3. SEJA LÚCIDO DEIXE DEUS TE GUIAR

Reconheça que  Deus tudo retrocede – Êxodo 33.15 Então lhe disse: Se tu mesmo não fores conosco, não nos faças subir daqui.

Reconheça que nada podemos sozinhos – João 15.5 Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.

4. SE PROTEJA DO ÊXITO ESPIRITUAL

* Quem é abençoado sofre ataques do inimigo – Mateus 26.41 Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a  é fraca.

Saia fora das arenas de tentação do maligno – Gálatas 5.16 Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.

15 RAZOES PORQUE NAO POSSO SER TESTEMUNHA DE JEOVÁ



Os ensinamentos claros e cristalinos da Palavra de Deus não dão lugar a que se abrace as doutrinas das Testemunhas de Jeová após um estudo bíblico completo. Os ensinamentos básicos dessa seita estão em conflito com as Escrituras. Quinze dos seus erros doutrinários excepcionais foram abaixo relacionados e constituem razões sólidas para que ninguém se filie às Testemunhas se quiser continuar apegado a verdade divina.
1.  As Testemunhas DE JEOVÁ NEGAM A DIVINDADE ABSOLUTA E SINGULAR DE JESUS CRISTO. As Escrituras demonstram que o Senhor Jesus Cristo é Jeová.
Isaías 41:4, 44:6, e 48:12 declaram que o atributo de ser o "primeiro e último" pertence a Jeová somente. Apocalipse 1:7-8,11,17 e 22:13-14 apresentam Jesus Cristo com exatamente esse mesmo atributo, fazendo dEle, portanto, Jesus Cristo, o Jeová dessas passagens, e de todo o Velho Testamento.
Isaías 45:22-25 fala de uma adoração universal, que um dia toda a humanidade prestará a Jeová. Filipenses 2:9-11 aplica esta passagem de Isaías a Jesus Cristo.
Isaías 44:22-23 apresenta Jeová como Redentor. Efésios 1:7 estabelece Jesus Cristo como esse Redentor.
Em Isaías 45:24 e 54:17 Jeová é a nossa justiça. Em 1 Coríntios 1:30 Jesus Cristo é a nossa justiça.
Isaías 43:11 reserva a Jeová somente a obra da salvação do homem: "Fora de mim não há Salvador." Tito 2:13 ensina que Jesus Cristo é o Salvador, estabelecendo-O, portanto, como o Jeová de Isaías, capítulo 43.
O estudante honesto das Escrituras há de ler, estudar e comparar os versículos acima apresentados.
2.  As Testemunhas DE JEOVÁ ENSINAM QUE JESUS CRISTO É UM SER CRIADO - SIMPLESMENTE UM OUTRO DEUS.
Este erro doutrinário foi criado pelas Testemunhas de Jeová através de sua estúria Tradução "Novo Mundo". que apresenta João 1:1 da seguinte maneira: "E o verbo era um deus". Isaías nega este erro enfaticamente em 43:10, 44:6 e 45:5,12, e prova que sua tradução de João 1:1 é ilegítima. Quatro vezes Jeová declara a impossibilidade de haver "um outro deus" ou "um deus"além dEle mesmo. Qualquer estudante honesto das Escrituras deve reconhecer a exclusividade única de Jeová.
3.  As Testemunhas DE JEOVÁ NEGAM A PERSONALIDADE E DIVINDADE DO ESPÍRITO SANTO.
Das muitas referências bíblicas que demonstram que isto não é verdade, João 16:13-14 é a principal. Oito vezes o Senhor Jesus se refere ao Espírito Santo usando o pronome pessoal masculino "ELE". A palavra grega "ESPÍRITO" é neutra mas o pronome empregado não é neutro mas masculino. Cristo estava teologicamente certo nisto, reconhecendo a personalidade do Espírito. Se o Espírito Santo não fosse uma pessoa, o pronome neutro é que seria usado e a gramática da passagem ficaria intacta. Jesus Cristo, o Filho de Deus, JAMAIS COMETEU UM ERRO.
Até a própria tradução "Novo Mundo" das Testemunhas reconhece a personalidade do Espírito na tradução desses dois versículos. A divindade do Espírito Santo está claramente demonstrada nas referências abaixo que o estudante honesto deve estudar com todo o cuidado: Atos 5:3-4, 1 Coríntios 3:16, 2 Coríntios 13:14. Em 1 Coríntios 12:4-6 o Espírito Santo é chamado de Senhor, v. 5, e Deus, v. 6. Ao colocar Isaías 6:8-10 junto a Atos 28:25-27, toma-se evidente que o Deus de Isaías 6 é o Espírito Santo.
4.  As Testemunhas DE JEOVÁ NEGAM A DOUTRINA BÍBLICA DA TRINDADE.
Embora a verdade da Trindade seja considerada divertida pelas Testemunhas, ela não obstante constitui parte da revelação de Deus. O estudante da Bíblia descobre que há uma Pessoa nas Escrituras, conhecida como Pai, que é Deus, Efésios 1:2. Há uma outra Pessoa nas Escrituras, chamada de Filho, Jesus Cristo, e que é Deus, Tito 2:13. Há ainda uma outra Pessoa chamada de Espírito Santo, que é Deus também, Atos 5:3-4. A palavra grega theos, "Deus". foi usada em relação a todas essas três Pessoas, concedendo assim a mesma divindade a cada uma delas. O estudante cuidadoso também nota o fato da Trindade em, Isaías 48:17, 28:19, 2 Coríntios 13:14. A conclusão é simplesmente que há um só Deus manifesto nas três Pessoas conhecidas como Pai, Filho e Espírito Santo e, considerando que cada uma dessas Pessoas é Deus, elas são iguais.
5.  As Testemunhas DE JEOVÁ NEGAM A RESSURREIÇÀO FÍSICA E CORPORAL DE JESUS CRISTO.
A sua falsa doutrina declara: "O homem Jesus está morto, só o Seu espírito ressuscitou." O testemunho de Jesus Cristo é completamente diferente, Lucas 24:36-45. Mesmo um exame superficial do v. 39 desfaz qualquer dúvida referente à ressurreição corpórea. Tomé encontrou-se com o Cristo fisicamente ressuscitado, João 20:24-29, como também os outros discípulos que comeram peixe com Ele, João 21:12-14. Paulo testifica a ressurreição física de Jesus Cristo em 1 Coríntios 15:3-19. Os guardas junto à sepultura. os principais dos sacerdotes e o Sinédrio jamais teriam ficados, em Mateus 28:11,15, se "apenas o Seu espírito ressuscitasse".
6.  As Testemunhas DE JEOVÁ NEGAM A VOLTA FÍSICA E VISÍVEL DE JESUS CRISTO.
Eles dizem: "Não devemos esperar que Ele torne a voltar como um ser humano". A volta fica mais adequadamente traduzida por presença e se refere à presença invisível do Senhor. Contrastando com isso, o estudante da Bíblia descobre que a verdade é que JESUS CRISTO VAI VOLTAR novamente, física e literalmente. Em Apocalipse 1:7, "todo o olho o verá". Em 1 Tessalonicenses 4:16-17, "o Senhor mesmo...descerá dos céus" E em Atos 1:10-11, "assim virá do modo como o vistes subir". O testemunho dessas passagens é irrefutável.
7.  As Testemunhas DE JEOVÁ NEGAM A PRESENÇA DO CRENTE COM CRISTO APÓS A MORTE.
De acordo com 2 Coríntios 5:8, Filipenses 1:21-24 e Lucas 16:20-22, o crente, imediatamente após a morte, passa para a presença de Cristo. O corpo fica no solo, João 11:11-14, aguardando a ressurreição, 1 Coríntios 15:20-23, enquanto a alma e o espírito, agora separados do corpo, Tiago 2:16, entram no céu.
8.  As Testemunhas DE JEOVÁ REPROVAM A ESPERANÇA QUE O CRENTE TEM DE IR PARA O CÉU.
João 14:1-3, Filipenses 3:20-21, 1 Pedro 1:3-5 e Apocalipse 3:12 são apenas algumas das muitas passagens bíblicas que falam da "esperança viva" de estar com Cristo para sempre.
9.  As Testemunhas DE JEOVÁ NEGAM A REALIDADE E ETERNIDADE DO CASTIGO FUTURO.
As Escrituras falam da realidade do inferno. O Senhor Jesus Cristo falou mais do inferno do que do céu e nos informou que o inferno é uma fornalha de fogo, Mateus 13:49-50, um lugar preparado para Satanás e os seus emissários, Mateus 25:41, de fogo que não se extingue, Marcos 9:42-48. Além disso, Ele insistiu no fato do inferno ser eterno. A palavra grega aionios,que traduz "aquilo que não tem fim". e que foi usada para descrever a vida eterna mencionada em João 3:16, e a eternidade de Deus em Romanos 16:26, foi deliberadamente usada por Cristo para descrever a duração do inferno, Mateus 18:8, e por João, em Apocalipse 14:11. Aioniosnão tem um significado duplo. Se ela quer dizer que Deus é eterno e a vida que o crente recebe é eterna, então deve significar que o inferno também é eterno.
10.  As Testemunhas DE JEOVÁ NEGAM A SALVAÇÃO PERFEITA DA CRUZ DE CRISTO.
Sem qualquer justificativa bíblica, as Testemunhas ensinam que o Milênio, os mil anos do reino de Cristo na terra, proporcionará a toda a humanidade, desde Adão em adiante, que ressuscitará, uma oportunidade, sob condições favoráveis, de receber a salvação eterna. Onde encontrar um único versículo bíblico que apoie tal coisa? O Senhor Jesus Cristo comprou nossa salvação na Cruz, Romanos 3:21-26, e resta ao homem crer e ser salvo, Efésios 2:8-9 e Atos 16:30-31. A salvação é totalmente a parte de qualquer esforço humano, Romanos 3:27-28.
11.  As Testemunhas DE JEOVÁ NEGAM O PATRIOTISMO E A CONTINÊNCIA À BANDEIRA.
As Escrituras ordenam aos crentes a serem cidadãos leais. O estudante cuidadoso verá isto em Romanos 13:1-7, 1 Pedro 2:13-15 e Mateus 22:21.
12.  As Testemunhas DE JEOVÁ ESTÃO CONFUSOS QUANTO AOS 144.000.
Através de boas obras e esforço sincero uma Testemunha de Jeová tem esperança de se tornar um membro do grupo dos 144.000. Nos dois capítulos em que foram mencionados os 144.000, Apocalipse 7 e 14, o estudante das Escrituras nota que os 144.000 são, realmente; Judeus das tribos, sem gentios entre eles, 7:4-8, são todos homens, 14:4, servirão durante a Grande Tribulação, 14:6-13, e não receberão a sua posição mediante obras mas serão designados por Deus, 7:3. Por mais que se force a imaginação. nenhuma interpretação bíblica aceitável pode garantir a essa seita gentia posição entre os 144.000.
13.  As Testemunhas DE JEOVÁ USAM UMA TRADUÇÃO DETURPADA DA BÍBLIA.
A Tradução "Novo Mundo" das Escrituras Gregas Cristãs é uma tradução desajeitada do Novo Testamento, que não tem nenhuma reputação entre os mestres do grego. A tradução foi alterada para se encaixar na heresia. Por exemplo. a palavra allos. "outro". não aparece no texto grego de Colossenses 1:16-17, mas foi inserida quatro vezes em sua tradução para que Cristo apareça ser parte da criação e, desse modo, se encaixe em sua doutrina que afirma ser Ele um filho criado, um outro deus. "?.porque por meio dEle todas as coisas foram criadas". Esta e dezenas de outras passagens tornam a tradução "Novo Mundo" em uma caricatura da Palavra de Deus.
14.  As Testemunhas DE JEOVÁ TEM UM SISTEMA DOUTRINÁRIO QUE SE BASEIA NAS INTERPRETAÇÕES DE CHARLES TAZE RUSSEL.
Em 1874. um camiseiro do Brooklyn, chamado Charles Taze Russel, anunciou que era dono da verdade. Em suas muitas obras Russel "não deixou quase nenhuma grande verdade ou doutrina fundamental não tocada com suas conclusões heréticas e injustificadas". Dr. Win. E. Biederwolf. Conforme um cuidadoso estudo pode revelar, as obras de Russel servem de base fundamental para a estrutura das Testemunhas de Jeová. Atualmente as Testemunhas de Jeová estão seguindo as conclusões falidas de um patife que se divorciou de sua esposa, teve problemas com os tribunais e que enganou seus seguidores vendendo-lhes "trigo milagroso" a preço exorbitante, o qual ele proclamava que produzia 15 vezes mais do que o trigo comum.
15.  AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ NEGLIGENCIAM A VASTA ÁREA DE VERDADES BÍBLICAS.
Uma análise cuidadosa dos diversos livros, panfletos, e revistas editados pela Torre de Vigiarevela que apenas uma pequena porcentagem Bíblica foi por eles usada. Eles não citam mais de 7% das Escrituras, deixando o restante da Palavra de Deus não mencionada.

Autor: Robert Mignard
Fonte: www.PalavraPrudente.com.br

Nov 11, 2013

Nov 6, 2013

Jovens: eu vos escrevi pois sois fortes!





“Eu vos escrevi, meninos, porque conheceis o Pai. Eu vos escrevi, pais, porque conheceis aquele que é desde o princípio. Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e já vencestes o Maligno. Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da , a concupiscência dos olhos e a soberba da , não vem do Pai, mas sim do mundo. Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre.”
 (1Jo 2.14-17).



Introdução- Num mundo globalizado como o nosso, as informações circulam com uma rapidez incrível.

- A comunicação se processa hoje de todos os meios, e os jovens têm acesso a tudo isso  muito esforço. Não era assim na época de João, quando não existia jornal, revistas, rádio, televisão, telefone, computador, Internet, etc.

- Era somente utilizada a palavra falada e escrita (na forma de livros ou cartas). Apesar disto, o apóstolo teve bons motivos para escrever aos jovens, pois o mundo nos dias de João era tão atrativo quanto hoje.

I – A Verdadeira Fortaleza da Juventude vem de Deusa) “Finalmente, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder”. ( Ef 6.10).

b) “Ele dá força ao cansado, e aumenta as forças ao que não tem nenhum vigor.

- Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os mancebos cairão, mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças; subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; andarão, e não se fatigarão.” (Is 40.29-31).

II – A Palavra de Deus só permanece em nós quando dependemos do Espírito Santoa) “Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito.” (Jo 14.26).

b) “Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.” (At 1.8).

c) “E, tendo eles orado, tremeu o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com intrepidez a palavra de Deus.” (At 4.31).

d) “Na verdade, entre os perfeitos falamos sabedoria, não porém a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo, que estão sendo reduzidos a nada; mas falamos a sabedoria de Deus em mistério, que esteve oculta, a qual Deus preordenou antes dos séculos para nossa glória; a qual nenhum dos príncipes deste mundo compreendeu; porque se a tivessem compreendido, não teriam crucificado o Senhor da glória. Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. Porque Deus no-las revelou pelo seu Espírito; pois o Espírito esquadrinha todas as coisas, mesmos as profundezas de Deus. Pois, qual dos homens entende as coisas do homem, senão o espírito do homem que nele está? assim também as coisas de Deus, ninguém as compreendeu, senão o Espírito de Deus. Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, mas sim o Espírito que provém de Deus, a fim de compreendermos as coisas que nos foram dadas gratuitamente por Deus; as quais também falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com palavras ensinadas pelo Espírito Santo, comparando coisas espirituais com espirituais. Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, enquanto ele por ninguém é discernido. Pois, quem jamais conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.” (1Co 2.6-16).

e) “Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido na fé e no amor que há em Cristo Jesus; guarda o bom depósito com o auxílio do Espírito Santo, que habita em nós.” (2Tm 1.13-14).

III – Só Venceremos o Maligno se estivermos firmados em Cristoa) “… Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo.” (1Jo 3.8).

b) “Finalmente, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo; pois não é contra  e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes.” (Ef 6.10-12).

c) “Sujeitai-vos, pois, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós.” (Tg 4.7).

d) “Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé, sabendo que os mesmos sofrimentos estão-se cumprindo entre os vossos irmãos no mundo.” (1Pe 5.8).

ConclusãoEmbora na época de João não houvesse tanta facilidade para o processo de comunicação como hoje em dia, ele escreveu com os recursos disponíveis uma mensagem aos jovens que permanece até hoje; pois os atrativos que o mundo oferecia no passado eram tão fortes como os atrativos mundanos de hoje. E se quisermos ser vencedores, devemos ser fortes no Senhor, permanecer com a Palavra de Deus alicerçada em nós pelo Espírito Santo e permanentemente firmados em Cristo para resistirmos às ciladas do Maligno.“O que o jovem pensa de Cristo hoje determina o destino de nossa nação amanhã” - Thomas Jefferson.

Nov 5, 2013

O que tem mais valor diante de Deus (Mateus 21. 28-32)


http://3.bp.blogspot.com/-ae0tkJjVREY/UBMfzq1MwEI/AAAAAAAABH4/maiJOqMrhTk/s1600/2-widows-mite-video-still-dsc6405-600x4001.jpg
(Mateus 21. 28-32)
TemaO que tem mais valodiante de Deus.
Jesus traça um raio x de dois tipos de pessoas que podemos nos tornar ao longo da vida:Pessoas confiáveis e Pessoas não confiáveis. Obs. Explicar o contexto do texto.
I – A atitude do Primeiro Filho - (Pessoas não confiáveis - Os religiosos)
*Suas ações não correspondem com as palavras proferidas (v.29).
 “Ele respondeu: Sim, senhor; porém não foi
Palavras têm poder, mas não acompanhadas de ações, enfraquecem e se tornam nulas. (Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço).
*Ele não tinha Interesse pelas coisas do Pai. (v.28-29) “E que vos parece? Um homem  tinha dois filhos. Chegando-se ao primeiro, disse: Filho, vai hoje trabalhar na vinha29Ele respondeu: Sim, senhor; porém não foi
De igual forma, no Reino de Deus muitos estão indiferentes quanto aos negócios do Pai. As coisas de Deus já se tornaram enfadonhas, cansativas. Já não sentem mais prazer e deleite em Deus e nas coisas de Deus.
*Ele quer ficar bem com Todos. (v.28-29) “E que vos parece? Um homem  tinha dois filhos. Chegando-se ao primeiro, disse: Filho, vai hoje trabalhar na vinha29Ele respondeu: Sim,senhor; porém não foi”
Pessoas assim não dizem não a ninguém, e desta forma agem como verdadeiros hipócritas.Brennan Manning no livro falsos, metidos e impostores diz: “O hipócrita estremece diante da possibilidade de desagradar as pessoas. O medo faz com que ele seja incapaz de ser direto e objetivo”.
·        A sociedade padece porque os homens estão  limites.
·        Filhos se perdem porque pais não dizem não.
II – A atitude do segundo filho (Pessoas Confiáveis)
1.    Ele Sujeitou-se a Autoridade do Pai. (v.30)
Dirigindo-se ao segundo, disse-lhe a mesma coisa. Mas este respondeu: Não quero; depois, arrependido, foi
Ser submisso não aniquila, nem castra a personalidade de ninguém. Pelo contrário, realça a de qualquer um. Cristo foi o tempo  submisso, humilde, sempre servindo. E o que ocorreu com ele? Jesus Cristo recebeu o nome que está acima de todo o nome. (Romanos 13.2)Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos.
2.   Estava disposto a Mudar (v.30)
Dirigindo-se ao segundo, disse-lhe a mesma coisa. Mas este respondeu: Não quero; depois, arrependido, foi.
Todo mundo tem maus hábitos, mas ter consciência disso e ter o desejo de mudar é parte essencial do nosso progresso espiritual. Quando pararmos de achar desculpas e arregaçar as mangas para mudar e limpar nosso coração, a fé nos transformará. Passos para mudar.
a)   Resistir ao mal (Tiago 4.7) “Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós”. Em outras palavras fugi da aparência do mal.
b)   Desintoxicar o coração do veneno da mágoa. (Filipenses 3.13-14) “Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, 14. Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.
3.   Ele foi o filho que fez a vontade do Pai. (v.31)
Qual dos dois fez a vontade do pai? Disseram: O segundo. Declarou-lhes Jesus: Em verdade vos digo que os publicanos e meretrizes vos precederam no reino de Deus.
Muitas pessoas têm desperdiçado suas vidas ao tomarem decisões erradas, fora da vontade de Deus. (Mateus 7.21) “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Consideração .
*decisão de acatar a Proposta do Pai está em suas mãos (v.28) “E que vos parece? Um homem tinha dois filhos. Chegando-se ao primeiro, disse: Filho, vai hoje trabalhar na vinha”.

Autor: José Manuel Monteiro Junior

Oct 31, 2013

O maior fracasso na história da humanidade





Referência: 
MATEUS 26.14-25,47-50; 27.1-5




- Ao longo da história, uma plêiade de homens ilustres, engrossaram as fileiras dos fracassados, renderam-se ao pecado, entregaram-se à volúpia e aos vícios desregrados.

- Macularam seus nomes com a maldade, conspurcaram suas vidas, enlamearam-se, emporcalharam-se.

- Deixaram de ser heróis, guardiões da virtude para serem protagonistas das desgraças.

- Sujaram seus nomes de tal forma que são sempre lembrados com desprezo.

Exemplo: Nero, Hitler, Mussoline, Idi Amim Chaucesco.
Todavia, o maior fracasso da história foi Judas e isto por várias razões:
I. JUDAS PERDEU A MAIOR OPORTUNIDADE
As oportunidades passam pela nossa vida e às vezes jamais voltam. É loucura desperdiçá-las. Judas teve grandes oportunidades.

1. Judas foi chamado para ser apóstolo de Jesus – Lc 6.12-16

= Depois de uma noite de oração, depois de estar subalterno à vontade do Pai, Jesus chama os homens que haveriam de dar continuidade à sua obra. Homens escolhidos com atenção, com oração.

- Que privilégio! Que bênção! Era do grupo íntimo de Jesus. Grupo que andou com Jesus. Que caminhou com Jesus.

- Em vez de ser coluna da igreja, em vez de ser bênção para o mundo foi traidor. Brincou com Deus. Desperdiçou a esplêndida oportunidade. Foi mais que religioso, foi amigo de Jesus e o traiu.

2. Judas tinha excelentes qualidades =

2.1. Era inteligente, estudado, líder, com grande capacidade em assuntos financeirosFoi escolhido como tesoureiro do grupo dos apóstolos. Era homem de confiança. Ninguém podia imaginar qualquer deslize dele. Mantinha as aparências.

2.2. Tinha um bom nome = O nome JUDAS era um nome predileto naquela época. Significa LOUVOR. Maria, mãe de Jesus, tinha outro filho com este nome. A partir da traição de Judas, ninguém mais usa o nome de Judas. O louvor cessou. Aquele que devia ser louvor foi maldição. Aquele cuja vida devia ser um tributo de glória, foi um opróbrio.

2.3. Era muito respeitado pelos outros apóstolos = Judas gozava de grande prestígio entre os doze apóstolos. Quando Jesus na última ceia disse que um deles haveria de traí-lo, ninguém suspeitou de Judas. Ninguém acusou Judas. Ninguém perguntou: “É Judas, o traidor?” Somente Jesus sabia o que havia no coração de Judas: “Porventura sou eu?” João 13.28 – Mesmo depois que ele saiu da , os outros não perceberam que ele era o traidor.

3. Judas viveu com Jesus = Judas viveu e conviveu com Jesus.

- Tinha intimidade com aquele que é a  do mundo, com aquele que é o caminho, a verdade e a vida. Com aquele que é a porta da salvação. Com o bom pastor. Conviveu com aquele que é o salvador do mundo.

- Judas andou com Cristo três anos. Ouviu suas palavras de salvação, de arrependimento, de perdão, de vida eterna. Ouviu os maiores sermões da história.

- Escutou a própria voz de Deus. Presenciou os milagres: viu cegos, coxos, paralíticos, leprosos serem curados.

- Viu mortos ressuscitando.
- Viu os céus descerem à terra e mesmo assim continuou apenas mantendo as aparências.
- Viu multidões aceitando a Jesus, acostumou-se com o sagrado, e mesmo assim não aceitou a Cristo como o salvador da sua alma.

4. Judas pregou o Evangelho a outros, mas não foi salvo = Ele era um apóstolo engajado.- Era ativista. Trabalha. Às vezes ele não tinha tempo para comer. Percorria toda a Galiléia e Judéia a pé. Evangelismo de cidade em cidade. Ele pregava um Cristo real, mas um Cristo que ainda não havia aceitado.

- Hoje também há muitos membros da igreja que não são crentes. Que nunca nasceram de novo. Que pregam, evangelizam, mas que nunca nasceram de novo.

Jo 6.64 = à multidão de discípulos Cristo disse: “Contudo há descrentes entre vós. Pois Jesus sabia desde o princípio quais eram os que não criam e quem o havia de trair.

Mt 7.21-23 = “Nem todo o que me diz Senhor, Senhor, entrará no Reino dos céus…muitos naquele dia hão de dizer: Temos profetizado…expelimos demônio…fizemos muitos milagres…NUNCA VOS CONHECI.”

- Meu amado, Deus tem lhe dado muitas oportunidades. Você tem ouvido de Jesus, tem escutado um sermão, lido um folheto.

- Hoje Deus está falando com você. Quem não aproveitar as oportunidades de Deus é semelhante a Judas Iscariotes.

II. JUDAS FOI O MAIOR FRACASSO DA HISTÓRIA, PORQUE COMETEU O MAIOR ERRO: TRAIU A JESUS!

1. Judas traiu o seu bom nome = Seu nome era motivo de júbilo.
- Era louvor. Tornou-se vergonhoso, vil, hediondo. Traiu sua própria história. Seu próprio rumo, sua própria vida, seu próprio nome. Hoje ninguém mais usa o nome de Judas, mas sim Pedro, Thiago, João.

2. Judas traiu o seu talento = Ele podia ser bênção.
- Podia ser um ganhador de almas. Podia ser um forte estandarte da igreja. Mas era avarento.

- Era materialista.
- Era egoísta.
- Era ladrão.
- Era pseudo-filantropo (Jo 12.4-6).
- Era um aproveitador. Um mercadejante. Um explorador
.

- Usava a religião para se enriquecer. Seu deus era o dinheiro. Não se preocupava com a glória de Deus nem com os necessitados, mas em aumentar suas riquezas.

3. Judas traiu o Senhor = Jesus o amou.
- Jesus o chamou. Judas mais do que ninguém conhecia a Jesus. Sabia que Ele era o Filho de Deus. Sabia que Ele era o único Salvador. Mas não abriu espaço na sua vida para Jesus. Jamais se entregou a Ele. Nunca o amou de fato.

- Sua religião era de costume. Era vazia. Era falsa.

- Ele não amava a Jesus.
- Ele deu lugar ao diabo.
- Ela escancarou sua vida ao inimigo.

- Jesus entra em Jerusalém. Avisa seus discípulos que vai à cruz. Então Judas procura as autoridades nas caladas da noite, na surdina e propõe um negócio. Está disposto a vender a Jesus, a trair Jesus. Negócio fechado! Volta novamente para o grupo como se tudo tivesse normal. É frio. É calculista.

- Jesus vai para o cenáculo. Lá os ensina. Jo 13 = Lavapés. Cristo lava os pés dos apóstolos. Lava os pés de Judas também. Sabe da trama. Não diz nada para Judas. Quer ganhar seu coração, mas o coração de Judas está insensível, fechado. Na hora da ceia Jesus diz: “Um de vós me trairá.” Todos perguntam: “Porventura sou eu Mestre?” Judas cinicamente, pergunta: “Acaso sou eu Mestre?” Tu o disseste, respondeu Jesus (Mt 26.25).

- Jesus ainda lhe dá um pedaço de pão – um gesto de amizade. Judas então se levanta. Sai. Busca os carrascos. Não suporta a presença da luz. Não agüenta ficar perto de Jesus. Jesus o incomoda. Os sacerdotes já o aguardavam. Tudo estava pronto. Judas então diz: “Aquele a quem eu beijar, é esse, prendei-o” Vai à frente dos algozes. Capitaneia, lidera a corja dos malfeitores. Atravessa o Cedrom. Entra no Getsêmani. Lá estava Jesus em agonia de alma.

- Nossos pecados estavam sobre ele. Judas o vê. Vai ao seu encontro e diz: “SALVE MESTRE” e enquanto beija a Jesus com o beijo da traição, Jesus lhe faz o último apelo: “AMIGO, PORQUE VIESTE?” Mas já é tarde demais.

- O coração de Judas está fechado. Os soldados pegam Jesus. Ele é preso. Humilhado. Cuspido. Esbofeteado. Condenado. Judas vê Jesus naquela mesma noite sendo julgado. Sua mente fica atribulada. No seu coração não há paz. É um homem em crise. Há desespero. Está em pânico. A culpa lhe corrói a alma. Chega à beira da loucura. Cometeu o maior crime da história…traiu Jesus.

III. NA VIDA DE JUDAS ACONTECEU O MAIOR FRACASSO PORQUE ELE RECUSOU A MAIOR OFERTA: O PERDÃO DO SENHOR JESUS1. Depois de ter traído, Judas poderia ter se arrependido – Mt 27.3 = Na manhã seguinte à prisão de Jesus, Judas está cheio de remorso.

- Passou a noite em claro. Estava desesperado. Sua alma está afogada num mar revolto. A culpa o esmagava. Os horrores do inferno bafejavam a sua vida. O diabo lhe dizia: “Agora Judas é tarde. Agora não tem mais jeito para você. Você é um traidor mesmo.

- Você está perdido e arruinado. Não tem mais saída para você. Não tem solução para a sua vida. Seu caso é um caso perdido.

- A Bíblia diz que “a tristeza segundo o mundo dá para a morte.”Judas não voltou atras. Ele sentiu apenas remorso, mas não buscou o perdão em Jesus. Ele não se quebrantou.

2. Judas confessou o seu erro com uma consciência pesada, mas não confessou a quem deveria ter confessado – Mt 27.3-5 = Agora com a vida em tormento, cheio de remorso, já sente que o dinheiro não o satisfaz.

- Sabe que fez uma loucura: trocar Jesus por dinheiro. Ele corre para o templo. Devolve as trinta moedas de prata e confessa: “PEQUEI TRAINDO SANGUE INOCENTE.” As autoridades religiosas ainda mais o atormentavam “Que nos importa. Isso é contigo.” Mas Judas não vai a Jesus, ao Jesus que disse: “o que vem a mim de modo nenhum o lançarei fora.”

3. Judas procurou o suicídio, ao invés de procurar arrependido o perdão de Jesus – Mt 27.5 = O suicídio é uma armadilha do diabo. É uma trama satânica. É um golpe fatal de Satanás.

- Ele diz para os desesperados, para os que vivem atormentados: “OLHA, SEU CASO ESTÁ ENCERRADO. CHEGOU O PONTO , O FIM DA LINHA, O FINAL DO TÚNEL. NÃO DÁ MAIS PARA CONSERTAR. TUDO ESTÁ PERDIDO. AGORA, VAMOS, VÊ SE VOCÊ TEM A CORAGEM DE PELO MENOS DAR CABO DE SUA VIDA.”

- Esta é uma trama diabólica porque não existe problema que Jesus não possa resolver. Não existe pecado que Ele não possa perdoar. Jesus é a solução para todas as nossas angústias.

- Ele pode nos tirar do poço, da lama.
- Ele poder perdoar todos os nossos pecados.
- Ele pode quebrar todas os laços do diabo na nossa vida.
- Ele pode desbaratar todas as desgraças que o diabo decretou sobre nós. Cristo é a solução, mas Judas deu ouvidos ao diabo.
4. Perdendo tantas oportunidades, Judas foi para o seu próprio destino, o inferno
 – Jo 17.12; At 1.25 = Judas brincou com Deus.

- Desperdiçou as oportunidades.
- Conviveu com o Salvador. Ouviu sua voz. Viu seus prodígios. Foi apóstolo de Jesus.
- Trabalhou e falou do nome de Jesus. Mas não se converteu.

- Trocou Jesus pelo dinheiro.
- Trocou Jesus pelo mundo.
- Trocou Jesus pelos seus interesses mesquinhos.

- Abandonou aquele que disse: “POIS VOU PREPARAR-VOS LUGAR” para ir para o seu próprio lugar, O INFERNO. Tão perto da salvação e perecer. Judas ouviu os apelos de Jesus, as advertências de Jesus, mas não abriu o seu coração e foi para o inferno.

CONCLUSÃO
Judas foi o maior fracasso da história porque:
1) Perdeu a maior oportunidade = a da convivência com Jesus sem se converter.

2) Cometeu o maior erro = trair o seu melhor amigo.

3) Recusou a maior oferta = a de ser perdoado por Cristo.

- Esta história trágica se repete na vida daquele que hoje rejeita a Jesus como seu Salvador ou não obedece a Cristo.

Como está sua vida?
Tem você traído a Jesus com sua vida, com seu testemunho, com suas atitudes e palavras?Venha agora a Jesus! Não demore.
Venha já. Só nele há vida em abundância. O diabo começou a afastar Judas devagar. Depois roubou o seu coração. Deixe agora seus pecados.

Rompa com os laços do diabo. E venha agora a Jesus! Amém!!!

AUTOR: Rev. Hernandes Dias Lopes.