Sep 6, 2013

PARA TER UMA FÉ TRANSFORMADORA


João 1.43-51
 
Introdução
Existe um jargão que as filosofias de autoajuda  repetem demais. É o “basta crer”. Ou algo como “Acredite e todos os seus sonhos se realizarão”. A Bíblia fala sobre a necessidade de ter fé, de crer, para que as coisas aconteçam, é verdade. Porém a Bíblia não usa isso como uma fórmula mágica para se obter prosperidade. O maior efeito da crença, da fé, biblicamente falando, é a transformação do ser. Talvez você já tenha pensando em mudar a sua aparência, mudar a sua situação financeira, ou outra coisa. Mas a maior transformação acontece quando você tem um encontro com Cristo. É isso que vamos ver agora. Leia o texto de João 1.43-51.
É sobre o encontro de Natanael com Jesus e a transformação daquele homem.  Mas o que é necessário para se ter uma fé transformadora?
 
1. É preciso conhecer as promessas de Deus
Natanael, mesmo antes de encontrar Jesus, já tinha conhecimento das promessas de Deus. O argumento de Felipe para que ele o seguisse até Jesus é que ele seria o cumprimento das promessas e profecias de Deus.  Natanael estava preparado para a transformação porque já conhecia as Escrituras. Se você quer  ter uma fé transformadora  precisa conhecer a Palavra de Deus. Romanos 10.17 diz que a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus. Não dá para ter fé sem conhecer as promessas d’Ele.
 
2. É preciso buscar a Verdade
Do jeito que foi a conversa de Felipe e Natanael, tudo indica que eles já haviam conversado sobre esse assunto antes. Felipe sabia dos questionamentos de Natanael. Muito mais do que isso, parece que ambos eram buscadores da Verdade. Natanael demonstra o seu interesse em conhecer a verdade ao seguir Felipe, mesmo tendo algum tipo de ideia preconcebida a respeito da origem de Jesus. Se você quiser ser transformado pela sua fé, é preciso buscar a verdade.
 
3. É preciso vencer preconceitos
Natanael era um homem sincero e sem enganos, como o próprio Jesus afirma. Contudo, Natanael tinha um preconceito a respeito das pessoas que eram de Nazaré. Assim como nos dias de hoje, havia regionalismos em Israel. Quem era de Jerusalém olhava com desdém sobre que era da Galileia, e os galileus olhavam com desdém para quem era de Nazaré. Apesar disso, Natanael venceu o seu preconceito e foi conhecer Jesus. “Pode alguma coisa boa vir de Nazaré?”, perguntou ele. Quando Felipe o convida “venha e veja”, ele passa por cima de sua ideia preconcebida e vai até Jesus. Talvez o maior entrave para que você tenha uma fé transformadora seja algum preconceito, alguma ideia preconcebida. Você  precisa vencer isso!
 
4. É preciso se render à manifestação de Deus
Jesus, ao ver Natanael, diz “Está aqui um homem em quem não há engano!”. Isso desperta a curiosidade de Natanael que pergunta “De onde o senhor me conhece?”.  Com a simples resposta de que Jesus o havia visto debaixo de uma figueira, Natanael exclama atônito “Tu és o Filho de Deus!”. Bom, é preciso lembrar que se Jesus disse que Natanael era sincero, e ele queria que realmente todos soubessem disso. Veja o que João 2.24-25 diz. Jesus conhecia bem os homens daquele lugar. Se ele declarou isso sobre Natanael  é porque ele era diferente.  Talvez Jesus soubesse de alguma coisa que Natanael costumava fazer debaixo da figueira. Talvez orações ao Senhor. Talvez ele tenha tido alguma experiência espiritual debaixo daquela árvore. É por isso que quando Jesus cita o fato de ele o ter visto debaixo da figueira, ele ser tomado de assombro e declarar a sua fé em Jesus como o Messias prometido. Deus conhece as nossas “figueiras”. Ele nos vê debaixo delas em nossa vida, no dia-a-dia, ouve nossas orações e sabe dos nossos questionamentos. Diante do poder de Deus é preciso se render e reconhecer o senhorio de Cristo.
 
Conclusão
Jesus  disse, em outras palavras, “Você ainda não viu nada, Natanael”.  Quando Jesus faz menção do céu aberto e os anjos subindo e descendo sobre o Filho do Homem, ele está fazendo referência  à “escada de Jacó” (Gn 28.12). Jesus sempre usava a expressão “Filho do Homem” para se referir a sim mesmo. Isso encontramos em Daniel  7.13-14 que faz menção do reino eterno que o Filho do Home receberia do Ancião de Dias. Jesus, portanto, se identifica como o Messias ao falar se si mesmo como “Filho do Homem”.  Nós ainda não vimos nada! Deus pode transformar a sua vida, coisas inimagináveis podem acontecer se você crer. Não estou falando de coisas materiais. Lembre-se, contudo, que a coisa mais maravilhosa já aconteceu: a sua salvação através da morte de Jesus na cruz. Essa é a maior transformação que poderia acontecer em você. 
 
Davi Liepkan, pastor na Igreja Batista Central de Nova Odessa
2013 © IBCNO