Dec 19, 2013

BRUNA KARLA CRITICA FESTIVAL PROMESSAS





O mundo evangélico está a um passo de desmoronar. Após se transformar em uma lucrativa indústria de música para pessoas que protestam contra o catolicismo e cantores, pastores e missionários ganharem fortunas, a discórdia começa a aparecer no meio. Desta feita, a TV Globo de olho nos negócios e principalmente adentrar nesse mundo evangélico, aproveitando gente que está mais preocupado com a carreira do que com o próprio evangélico, criou um festival que reúne nomes bem conhecidos do público em questão.Porém, o projeto tem dado o que falar nas mídias sociais. 

O mais influente da atualidade, Pr. Silas Malafaia parabenizou a cantora Bruna Karla por supostamente ter criticado o projeto da emissora. A Globo cobrou cerca R$ 200 milhões para transmitir o DVD "Festival Promessa" após temperatura máxima. O evento na Globo teria a finalidade de divulgar e vender o DVD do evento.

A cantora Bruna Karla que participa do evento postou e depois retirou a pedido da gravadora "Não precisaríamos nos humilhar e pagar esse valor a emissora que geralmente trabalha na contra mão dos cristãos, não preciso da globo pra evangelizar".

Vários cantores, em clara falta de comprometimento com a obra missionária  postaram que seria uma maneira de evangelizar. Na verdade é uma maneira de ganhar dinheiro usando a palavra e grande parte de pessoas que são ludibriadas pelo emocional. 

Talles Roberto: "O festival promessa é para evangelizar"

Fernanda Brum: "Estamos invadindo o terreno inimigo"

Imediatamente o pastor Silas Malafaia postou defendendo a cantora Bruna Karla e dando parabéns. Malafaia disse que quer distancia do programa neste domingo. Malafaia completa "Invadir do terreno do inimigo e aliar-se com ele é diferente de invadir e combate-lo".

Enfim, a Globo está sendo palco de conflitos entre cantores gospel.