Mar 21, 2015

Como transformar o caos em bênção


Como transformar o caos em bênçãoTexto: I Samuel 1 

Introdução: O período dos juízes: trezentos anos de caos (1.380 a 1.050 A.C.)
1. Entraram na Terra, com Josué, mas as tribos, individualmente, não conquistaram sua porção
2. A nação vivia na prática do que era mau aos olhos de Deus – Juízes 21.25
3. Pela prática da idolatria quebravam continuamente a aliança que tinham com o Senhor
4. Por causa das coisas acima, o Senhor permitia que caíssem nas mãos de nações opressoras.
5. Nos dias de Ana a Nação estava moralmente degenerada; os sacerdotes eram corruptos.
6. A família de Ana estava mergulhada no mais profundo abismo:
Para discussão: O que podemos dizer sobre os dias atuais e sua influência sobre a nossa família?

1. Elcana, Penina e Ana - O típico “problema sem solução” – I Samuel 1:1-8

a. Penina valia-se das bênçãos de Deus para humilhar a Ana – 1.4-7;
b. Ana aceitava as atitudes de Penina e tornou-se numa pessoa atribulada de espírito e cheia de preocupações e desgosto - 1.15,16
c. Elcana, o marido, fazia de tudo para resolver o problema, mas sem sucesso:
1. - Provia tudo para Penina e seus filhos – 1.4
2. - “Dava a Ana uma porção dupla”; e: “ele a amava” – 1.5. 
3. - Procurava dar à Ana a satisfação que dez filhos não poderiam dar – 1.8
d. (Infelizmente, Elcana não tinha sensibilidade para entender o sofrimento de Ana. Pense nas perguntas que ele fez).
e. Os valores de Elcana estavam errados, embora ele fosse temente a Deus. Eram os valores de sua geração, maus aos olhos do Senhor.
f. Nessa família, cada um se virava como podia!...
g. Por esse caminho, o problema não teria solução.

Compartilhe: Qual o problema que mais provoca dor em sua casa? Como sua família encara esse problema? A maneira como o encaram aponta para uma solução?

2. Ana, a que mais sofria, descobre a saída do caos: “o caminho da entrega” – I Samuel 1:10,11

a. Não é um caminho fácil, mas é o único. Todos os outros já haviam sido percorridos.
1. É o caminho escolhido pelos que verdadeiramente consagram a sua vida a Deus
2. É a opção de quem já desistiu de si mesmo; de quem decidiu crucificar o seu Eu e viver da sua fé.
3. Entrega é um ato de fé.
b. Quando a dor produz atos de fé nasce a vitória:
c. A situação é tirada da falível esfera humana e consagrada ao Senhor que tudo pode. Leia Mateus 11.28-30 
d. Veja o Salmo 34 – 
1. Os olhos do Senhor estão sobre os justos; e os seus ouvidos atentos ao seu clamor -15
2. Os justos clamam, e o Senhor os ouve e os livra de todas as suas angustias - 17;
3. Perto está o Senhor dos que tem o coração quebrantado e salva os contritos de espírito - 18;
4. Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas - 19;
5. Provai e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele confia. - 8” 
6. Entrega o teu caminho ao Senhor; confie nele, e ele tudo fará – Sl 37.5.
7. Responda: Você já experimentou consagrar ao Senhor algo que lhe trouxe dor? Qual foi o resultado?
e. A entrega produz transformações na vida do crente
1. “...a mulher se foi o seu caminho e comeu, e o seu semblante já não era triste” 1.18; 
2. Ela havia lançado sobre Ele a sua ansiedade. Agora, o problema era d’Ele.
3. Ex. Estêvão: “Viram o seu rosto como o rosto de um anjo” - At 6.15
f. A entrega a deus resulta em milagre 
1. “E sucedeu que, passado algum tempo, Ana concebeu, e teve um filho, e chamou o seu nome Samuel, porque, dizia ela, o tenho pedido ao Senhor” – 1.20
2. “Visitou, pois, o Senhor, a Ana e concebeu e teve três filhos e duas filhas, e o jovem Samuel crescia diante do Senhor” - 2.21
g. A entrega genuína leva à perseverança no propósito: 1.20-28; 2.11 (cf 1.10,11).
1. O tempo não a fez esquecer-se da promessa: assim que o desmamou, levou-o, como prometeu
2. Entregou incondicionalmente, para sempre – 1.28
h. a entrega verdadeira não deixa apagar o compromisso da consagração
1. “E sua mãe fazia uma túnica pequena e, de ano em ano, lha trazia quando com seu marido subia a sacrificar o sacrifício anual” – 2.19 

Essa atitude de Ana certamente fazia com que Samuel fosse sempre lembrado de que seus pais entendiam que ali, na casa do Senhor era o lugar dele.

Aplique: Que coisas você já consagrou ao Senhor? Você tem sido perseverante no seu voto? Que cuidados você pode ter para não tomar de Deus o que entregou a Ele?

Conclusão: As atitudes de Ana:
1. Converteram sua amargura em alegria;
2. Elevaram-na da situação de estéril à de mãe de vários filhos, sendo Samuel um dos maiores personagens da história de Israel (Onde estão os filhos de Penina?!...); 
3. De olho nesta geração precisamos aplicar os princípios de Deus para convertermos situações caóticas em oportunidades de bênçãos na nossa casa e no mundo.