Sep 9, 2015

A oração que transforma



Esboços de Pregações

A oração que transforma

Leia abaixo o capítulo 2 do livro de Jonas. Veremos que uma oração transformou a vida de Jonas e o mesmo pode acontecer com você:

"Lá de dentro do peixe, Jonas orou ao Senhor, ao seu Deus. Ele disse: "Em meu desespero clamei ao Senhor, e ele me respondeu. Do ventre da morte gritei por socorro, e ouviste o meu clamor. Jogaste-me nas profundezas, no coração dos mares; correntezas formavam turbilhão ao meu redor; todas as tuas ondas e vagas passaram sobre mim. Eu disse: Fui expulso da tua presença; contudo, olharei de novo para o teu santo templo. As águas agitadas me envolveram, o abismo me cercou, as algas marinhas se enrolaram em minha cabeça. Afundei até os fundamentos dos montes; à terra cujas trancas estavam me aprisionando para sempre. Mas tu trouxeste a minha vida de volta da cova, ó Senhor meu Deus! "Quando a minha vida já se apagava, eu me lembrei de ti, Senhor, e a minha oração subiu a ti, ao teu santo templo. "Aqueles que acreditam em ídolos inúteis desprezam a misericórdia. Mas eu, com um cântico de gratidão, oferecerei sacrifício a ti. O que eu prometi cumprirei totalmente. A salvação vem do Senhor". E o Senhor deu ordens ao peixe, e ele vomitou Jonas em terra firme" (Jonas 2:1-10 NVI).

Quando Deus mandou Jonas pregar contra os pecados da cidade de Nínive, ele tentou fugir e embarcou em um navio que seguia para Társis, direção oposta à cidade a qual o Senhor havia mandado ir. Por causa dessa desobediência, Deus mandou uma enorme tempestade e a situação dentro da embarcação ficou tão desesperadora que o próprio Jonas pediu para que fosse atirado no mar, pois sabia que aquela tormenta havia começado por causa dele.

Imagine só a situação de Jonas. Ele causou problemas para si mesmo e foi jogado no fundo do mar, que com certeza, deve ser muito pior do que estar no fundo do poço. Talvez você esteja passando por uma situação muito difícil por ter se desviado dos caminhos de Deus e agora você pensa que nunca mais conseguirá sair dessa situação. Porém, assim como Deus agiu na vida de Jonas com misericórdia no meio de uma situação desesperadora, Ele também mudará a sua história!

A Bíblia conta que Jonas, após ter sido lançado no mar, foi engolido por um grande peixe e ficou lá por três dias. A vida dele, porém, começou a ser transformada quando, dentro da na barriga do peixe, ele decidiu fazer uma oração. Da mesma forma, Deus também pode mudar a sua vida através da oração. Você nunca está tão perdido que não possa ser encontrado! Deus pode te tirar das piores profundezas se você clamar a Ele. Contudo, para transformar uma vida, a sua oração precisa ter algumas marcas. Vejamos:


1) A ORAÇÃO PRECISA TER RECONHECIMENTO


A oração que Deus se agrada de ouvir é uma oração em que nos arrependemos e reconhecemos que, se não fosse a graça e misericórdia de Deus, nós estaríamos perdidos! Jonas reconheceu a sua desobediência que o fez chegar naquela situação difícil:

. Jonas reconheceu que estava angustiado com aquela situação: "Jogaste-me nas profundezas, no coração dos mares; correntezas formavam turbilhão ao meu redor; todas as tuas ondas e vagas passaram sobre mim" (Jonas 2:3).

. Jonas reconheceu que precisava voltar seu coração para Deus: "Eu disse: Fui expulso da tua presença; contudo, olharei de novo para o teu santo templo" (v.4)

. Jonas reconheceu que estava preso e que não conseguia sair daquela situação sozinho: "...as algas marinhas se enrolaram em minha cabeça" (v.5)

. Jonas reconheceu que antes disso tudo acontecer, o mundo estava lhe prendendo: "Afundei até os fundamentos dos montes; à terra cujas trancas estavam me aprisionando para sempre..." (v.6a)

. Jonas reconheceu que antes ele estava morto e agora Deus o havia despertado: "Mas tu trouxeste a minha vida de volta da cova, ó Senhor meu Deus!" (v.6b). A Bíblia diz que todos nós estávamos perdidos antes de conhecermos a Cristo:

"Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados, nos quais costumavam viver, quando seguiam a presente ordem deste mundo e o príncipe do poder do ar, o espírito que agora está atuando nos que vivem na desobediência. Anteriormente, todos nós também vivíamos entre eles, satisfazendo as vontades da nossa carne, seguindo os seus desejos e pensamentos. Como os outros, éramos por natureza merecedores da ira. Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida juntamente com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões - pela graça vocês são salvos" (Efésios 2:1-5).

"Por isso é que foi dito: "Desperta, ó tu que dormes, levanta-te dentre os mortos e Cristo resplandecerá sobre ti" (Efésios 5:14).

. Jonas reconheceu que era como os outros que haviam desprezado a Deus: "Aqueles que acreditam em ídolos inúteis desprezam a misericórdia" (v.8)

. Jonas, então, caiu em si: "Mas eu, com um cântico de gratidão, oferecerei sacrifício a ti. O que eu prometi cumprirei totalmente. A salvação vem do Senhor" (v.9). 

Diante de tudo isso eu te pergunto: "Quanto tempo leva para a sua "ficha cair"? O que Deus precisa fazer para você reconhecer que é preciso buscá-Lo e obedecê-Lo? Volte seu coração hoje para Deus através de uma oração sincera!


2) A ORAÇÃO PRECISA SER INTENSA


Para que a oração mude a nossa vida, ela precisa ter intensidade. Não pode ser uma oração superficial, como aquelas que muitos de nós fazemos antes de comer ou dormir, só por desencargo de consciência. Veja:

"Lá de dentro do peixe, Jonas orou ao Senhor, ao seu Deus. Ele disse: "Em meu desespero clamei ao Senhor, e ele me respondeu. Do ventre da morte gritei por socorro, e ouviste o meu clamor" (Jonas 2:1,2)

Perceba que Jonas clamou ao Senhor. "Clamor" significa implorar com insistência em tom elevado de voz. É reivindicar o cumprimento de uma promessa com muita intensidade e certeza de que Deus está ouvindo. Eu imagino que o peixe não deve ter gostado de ter um homem gritando dentro do seu estômago, mas Jonas não estava nem aí. Ele queria ser salvo e liberto daquela prisão de qualquer maneira! A oração que transforma é uma oração que vem do fundo do coração. Jonas não estava dentro de um templo, ele estava num local errado, um lugar de desobediência, mas ainda assim, sua oração subiu aos céus! (v.7). 


3) A ORAÇÃO PRECISA TER FÉ E OBRAS


Nós vimos que Jonas se angustiou, se viu preso, distante, porém, chegou um momento em que ele parou de se lamentar: Ele disse: "Mas eu, com um cântico de gratidão, oferecerei sacrifício a ti. O que eu prometi cumprirei totalmente. A salvação vem do Senhor" (Jonas 2:9). Jonas colocou a sua fé em ação! Ele começou a agradecer a Deus por tudo e decidiu obedecê-Lo. Isso nos ensina que a oração que transforma pode até começar na alma, mas ela precisa acabar na FÉ!

"Meus irmãos, que aproveita se alguém disser que tem fé, e não tiver as obras? Porventura a fé pode salvá-lo?" (Tiago 2:14)

A mudança na vida de Jonas foi tão grande que ele não quis apenas sair da barriga do peixe, ou seja, sair do problema. Ele quis mudar de vida e se aproximar de Deus! É esse desejo de obediência que o Senhor espera de nós. Por isso, quero deixar uma pergunta para sua reflexão: "O que você quer? Mudar de vida, caminhar realmente com o Senhor ou apenas ficar livre dos problemas?" Pense nisso.


Fonte: http://www.pastorantoniojunior.com.br/esbocos-de-pregacoes/a-oracao-que-transforma#ixzz3lGiQ7iYd